Ar Puro

Cerca de 71 frases e pensamentos: Ar Puro

Cheiro de mato


Cheiro de mato
Ar puro
Límpido

Lugar aquele
Aquele que faz a alma sair do corpo
Aquele que faz sorrir como criança
Aquele que faz saudar a natureza
Aquele que faz sonhar infinidades
Aquele que faz ser, somente ser cheiro de mato

Dalila Veiga
16 compartilhamentos

Deus

Deus é a ciência que vive em nós.
É ar puro quando estamos a sós.
É o mais nítido conhecimento.
É o início de todo entendimento.
É a presença em todas as coisas que se pode ver.
É a crença mais altiva que se pode crer.
É a capacidade de gerar o amor em todas as criaturas.
É a solução para todas as lamúrias.
É o bem maior em tudo que se vive.
É a experiência mais gratificante que já tive.
É o além do infinito.
É onipotente, não é uma lenda e nem um mito.
É a vontade de ser feliz ainda mais.
É o que nos torna todos iguais.
É a superação de qualquer problema.
Deus, é a palavra mais linda deste poema.

Suelen Cardoso França

Montanhas mais altas sempre tem como recompensa o mais puro ar e a mais bela vista que será sua se você não desistir.

Arizoli Velho
Inserida por Arivelho

um cálice contra a boca

Eu me tornei como uma árvore, eu dei o ar, puro ar
Quando, do fenômeno natural da... fotossíntese

Dei a sombra quando no sol não queriam se queimar
Dei o néctar da natureza em doces frutos
Ainda temporãos

Na temporada, uma boa safra prodigamente
Refresquei ainda mais a mina de água aos meus pés
Cantava com as minhas folhas e o meu balançar ao esvoaçar do vento

Mas, para dar lugar ao ferro tirado de outro lugar
E ao concreto em um novo lar,
Me tiram a minha morada e o meu aconchego
Não gritei embora que me doesse quando aquelas mãos tiravam os meus frutos
Antes de ficarem de vez
Ou quando minha copa se elevou sobre a casa e
Cortaram os meus ramos, os meus galhos verdejantes

Até que cortaram o meu tronco e eu não gritei audivelmente
Mas a minha madeira ainda crua, umedecida condensou
Uma fileira lacrimal no tronco, após a derrocada

(edson cerqueira felix)

edinho feliz
Inserida por poemas_arquivados

“Tem gente que reclama até do ar que respira. E tem gente que depende de cilindro de oxigênio para sobreviver e não reclama de nada.”

Daniel Panobianco

"Saudades do tempo em que tudo parecia mais simples, o ar era mais puro, as risadas mais sinceras, os sonos mais profundos.
Saudades do tempo em que minha única obrigação era tirar notas boas na escola e minha única dor era um joelho ralado."

Marisa Munaretto Amaral
Inserida por amarisa

Bom dia.
O dia está lindo
O sol chegou, reluzente
A vida é bela
E
Que presente maravilhoso e sentir a sua presença❣️

Peregrino Corrêa
Inserida por PeregrinoCorrea

O oxigênio é o espírito de Deus que nos liga a tudo e✌️a todos, é o ar que compartilhamos na respiração com todas as criaturas e é a consciência divina que nos torna coletivos, mas quando inspiramos poluição, passamos a ser indivíduos separados do todo: por isso que muitos se sufocam e sofrem por falta de ar,nessa vida. Respire fundo e deixe o fôlego da vida preencher a sua consciência, só assim o ar ficará mais limpo e teremos uma sociedade sem sujeira e preparada para uma revolução moral e ambiental.

Peregrino Corrêa
Inserida por PeregrinoCorrea

Ando no campo e procuro
um clima sem sujidade,
e o campo dá-me o ar puro
que não tenho na cidade.

António Prates
Inserida por AntonioPrates

O amor é como o ar puro da vida, se a gente não se abre pra respirar, podemos acabar morrendo por falta dele.

Samir França
Inserida por samirfranca83

Conquistar o topo de uma montanha e visualizar a infinidade de vales e picos, matas e riachos, pedras - de tamanhos e formatos tão admiráveis; sentir o vento gelado, a pureza do ar, o céu azul e o pôr do sol dourado, faz compreender que Minas Gerais é uma obra prima tão perfeita, que nem a mais prodigiosa mente humana seria capaz de sequer sonhá-la.

Prof. Vinícius Montgomery
Inserida por viniciusmontgomery

Viajando... Gotas de chuva riscam o vidro do ônibus... Apesar de estar fechado para o ar puro lá fora, imagino o gosto do cheirinho de terra molhada... Espero que eu chegue logo... Espero que não chegue... Espero que me perca...

Jai Dias

Amanheceu um novo dia, um lindo dia, sol, céu azul, pássaros, ar puro e o Jardineiro decidiu plantar uma árvore de jambo,árvore boa, daria bons frutos e faria sombra em dia de sol forte, árvore de raízes fortes e profundas, árvore que cresceria e seria morada de belos pássaros. Enquanto plantava a árvore preparava o terreno ao lado dela, limpando-o com toda delicadeza possível, pois do lado daquela árvore, ali juntinho a ela, plantaria sua semente mais preciosa, algo especial que seria plantada uma única vez, uma espécie de rosa muito rara, muito delicada e sensível, a mais linda rosa dentre todas ela, especial, tão bela como o por do sol, linda como as ondas do mar, pura como uma fonte de água límpida, brilhante como Cristal, reluzente como a luz de mil estrelas, formosa como o entardecer, divina ....
O Jardineiro se agachou e com muito carinho e cautela a plantou ao lado daquela árvore que já sem o auxílio da haste , se mantinha de pé, preparou o lugar, já calculando que a árvore serviria de apoio para a formosa Rosa de Cristal.
O tempo passo, e como havia previsto o Jardineiro, a Arvore de Jambo cresceu, se tornando uma jovem árvore, forte e saudável e a seu lado crescia a linda e cristalina rosa, já naquele momento era a mais bela entre todas do jardim, tão formosa e delicada que a árvore se inclinava para fazer sombra a suas delicadas pétalas, a rosa de cristal dormia profundamente sabendo que a arvore cuidaria e estaria sempre ao seu lado e a árvore, comoarvore de jambo se encantava com sua formosura.
O jardineiro estava satisfeito com o que tinha plantado, uma árvore e uma rosa imaginando que os dois viveriam uma para o outro, se protegendo, a árvore seria a sombra da rosa e a rosa cuidando da árvore enrolando seus ramos por sobre ele enquanto eles vivessem.
O jardineiro se deu por satisfeito e foi plantar outras árvores e rosas pelo jardim. A arvore se desmanchava pela rosa e a rosa tímida adorava ficar sob a sombra que a arvore fazia e achava belo seus ramos e folhas, ambos como crianças a brincar pelo jardim, sabiam que seriam felizes juntos e isto os alegravam.
Mas um dia no jardim, um dia comum, dia de se alegrar, dia de ser feliz. A rosa de cristal ao despertar -se de seu sono profundo se vê sozinha e aos prantos desesperada pergunta. -"Onde está a minha arvore de jambo, para onde a levaram?" As plantas do jardim responderam - Foi arrancada a força, foi cortada sem dó algum." A rosa de cristal pergunta aos prantos.-Quem fez esta maldade comigo, como viverei sem minha sombra de jambo, sem meu apoio, sem suas raízes, como isto aconteceu? responderam -"Foi logo que o sol nasceu, a árvore lutou para não ser arrancada, usou de toda sua força e vigor, tentou segurar em você rosa de cristal, mas teve medo de machucar suas pétalas, gritando em silêncio ao jardineiro por ajuda implorou, mas ele não veio ao seu socorro, suportou sem falar palavra alguma a você, procurou ao máximo não lhe afetar, enquanto o machado era forçado contra suas raízes jogava sobre si ó rosa de cristal suas folhas, para que as cobrissem, lhe protegessem, daqueles que com força lhe arrancavam as raízes e ao ser arrancado, tentou lhe dar um último beijo, mas ao olhar seu rosto meigo, preferiu não lhe acordar, para que você olhasse o sol desta manhã linda. -Por que não me despertou para ajudar-lhe, porque não se agarrou em minhas pétalas, porque não pediu minha ajuda, porque não me chacoalhou, eu teria ajudado, porque..... porque não me beijou sem reservas? - Gritava a rosa de cristal ao mundo, mas o mundo não entendia, por ser uma jovem rosa de cristal- dizia; - Arrancaram minha árvore e eu nem estava aqui para dar meu último adeus, ó jardineiro como deixastes isto acontecer, porque não viestes ao meu socorro e agora olhe, veja, mais ao longe, no horizonte uma grande tempestade, e eu ainda sou tão frágil, sem a minha árvore, como irei suportar esta grande tempestade que me sobrevêm? O jardineiro ao contrário do que pensou a árvore de jambo e do que imaginou a rosa de cristal, viu tudo, presenciou tudo, mas preferiu com este exemplo, mostrar ao jardim inteiro, qté aos dois, que não adianta ele plantar as flores e arvores, mesmo sendo elas tão formosas se os que cuidam do jardim não as regarem. Hoje depois de muito tempo, a árvore de jambo esta plantada em outro jardim, jardim este que não era o jardim que queria estar, foi plantado ao lado de uma rosa e mesmo suportando seus espinhos deu frutos maravilhosos, mas sempre trouxe consigo o perfume de sua amada rosa de cristal.
A rosa de cristal!!
A rosa, vive no mesmo jardim, suportou a fúria de todas as tempestades que vieram sobre ela, pois ela guardou consigo algumas das folhas de sua querida árvore de jambo que ficaram sobre si, ela nunca deixou de lembrar da sombra daquela árvore, dos momentos que passaram juntos, ela deu lindos brotos que ajudaram a suportar os dias de muito calor e frio. E amanheceu um novo dia, um lindo dia, sol. céu azul, pássaros, ar puro e lá vem o jardineiro, ele decidiu que o ´perfume agora maduro da rosa de cristal emanece e encontrasse com agora grande e forte arvore de jambo, outrora plantada no jardim.
A árvore de jambo!!!
A árvore de jambo, que estava vivendo muito longe com os chorões vivia somente para dar sombra e frutos aos seus, mas ao sentir o perfume ao longe da rosa de cristal, perfume este que sempre esteve pairando em derredor, perfume marcante, único, aroma suave que so ele conhecia, doce como o mel, que lhe vem a mente todos os melhores momentos de sua vida, este perfume lhe revigorou as forças. Agora a árvore de jambo sente que tem vida.
A rosa de cristal!!!
A rosa, elam que já era muito linda desabrochou mostrou uma belez, beleza esta que sem força dobrou o tronco da velha arvore de jambo e a curvou para esperar da árvore de jammbo o beijo que ela não a deu.
O jardineiro!!!
O jardineiro olha feliz, por saber que aquilo que ele juntou não deve ser separado pelo homem, pois mesmo que as raízes sejam profundas, mesmo que o vento seja forte e sopre tentando arrancar, mesmo que as torrentes das águas tentem afogar, todos eles juntos não são capazes de acabar com um amor verdadeiro.

Doroteu
1 compartilhamento

Ele é minha alma gêmea, meu ar puro, a razão pela qual anseio levantar todas as manhãs.

Tabitha Suzuma

Eu quero um dia de sol
Mas tbm um dia com nuvens
Um ar puro
O vento levanto meus cabelos
E o meu perfume a incendiar
Eu ando devagar
Eu chego lá
Não quero apenas passar
Quero presenciar

Doce garoto
Não se sinta tão fraco
Um dia você vai poder me ter
Mas até lá apenas fique a me admirar

Eu sou uma mulher
Não, não sou fatal
Mas sou sexy
E sei que você gosta, se diverte
E pensa no que poderia fazer
Oh não! você não pode
Mas eu vou continuar a desfilar
E eu sei que você vai estar lá

Doce garoto
Não se sinta tão fraco
Um dia você vai poder me ter
Mas até lá apenas fique a me admirar

O que vc precisa entender
É que eu não sou mais uma garota
E que esse seu papinho chula não dá pra mim
Então olhe
Veja como eu rebolo
Mexo até embaixo
Danço pra você
Mas você não quer me ter
Vem eu estou aqui
Mas você não tem audácia
Você é só um doce garoto.

Allen
Inserida por lua

Deviamos fazer isso mais vezes,sair da cidade e respirar ar puro,ir pra um lugar que não tem net e nem pega celular,esquecer do salto alto,das maquiagens,do secador de cabelo,esquecer do estresse da cidade,do barulho e só escutar os pássaros e cachoeiras...ao lado da família jogando muita conversa fora e dando muitas risadas...Ha e comendo muiiiiiiiiiiiiiiiiiito,pq nesses lugares o que mais tem é fartura de comida...Impossivel fazer dieta hahahaha

eu
Inserida por Renatapaes

"Puro ar das madrugadas vazias...perco-me em linhas...encontro-me em poesias...solitarias escritas minhas...tão minhas"

Alessandra Monteiro
Inserida por AleS2Monteiro

Cuide de seu corpo...tente estar o mais próximo possível da natureza,respire ar puro...se ame...Zele por você!

Daniele Andrade
Inserida por DandanAndrade

O pensador e a vida

Viver é degustar a simplicidade da vida. É ouvir o farfalhar do ar puro na natureza, ou na fuligem asfáltica da riqueza. Atender ao zunir da ventania com alegria, olhar ao próximo bem próximo do amor como uma apaixonada donzela fita à flor, sem jamais deixar faltar em si à cortesia. É respirar o som melancólico da proeza. É requerer da vida a generosidade. Esse é o direito já adquirido. Se por acaso, e até por necessidade, e se for o caso; mudar de sentido. É se embebedar com a água límpida da nascente; encontrar com pessoa simplesmente decente. A bem da verdade; ela pode ser diferente. Pode crer, ou se quiser acreditar, fique à vontade... Mas às vezes ela é mais decente do que a gente. É ser puro quase semelhante à pureza adstringente. É ser amigo do feio enfeitado de beleza transparente. É sorrir desbragadamente a mostrar os descorados dentes, sem ficar preocupado em derrubar a dentadura sobre a ferradura de alguma cavalgadura que esteja presente ao lado. E a vida sendo toda essa enorme festa, usar o olho que se tem no centro da testa. Se faltar algum canino, fazer-se de menino. Amolar os molares e deles abrir suas frestas... E jamais, confundir melancia com pepino... Para viver a arte da vida é necessário entender o que é despojamento ao deixar de ser o centro. Ser centrado no alvo do verdadeiro documento. É fazer do crepúsculo o mais belo alvorecer. É indubitavelmente a simplicidade de se fazer crescer! É ser gente grande com a grande força dum jumento. É amar a natureza, seja ela a de fora ou a de dentro. Desprezar a dor do enfadonho tormento. É enxergar os mínimos detalhes a fazerem a diferença... É avençar ao avanço na fidelidade da própria crença... É ter mente albina que supere a do mais inteligente paquiderme. É deixar a escrotice de ser humano semelhante ao verme... Encarar a vida com desvencilhamento ao desencilhar-se da ignorância que causa a ânsia somente de olhar o futuro inferno. É ser um fino vaso embasado no discernimento, e envazado de bom argumento. Ser um levíssimo violino a violar qualquer destino. Ser apenas um entre vários, sem necessitar ser um Stradivarius. É dar azo ao extravaso do extravasamento contrário quando se sente a alegria no nada divino. Viver eternamente em qualquer eternidade, tornando-se sibilino ao sonoro som do divino sino.
E continuando o Pensador a cismar: Encolhido num canto qualquer, consigo a prosear: Sentir a vida com a devida simplicidade, ser automestre da real realidade. É estar no mais fino lar, ou no estábulo a trabalhar, tanto fez como tanto faz. É perceber a alegria amorável no imo do coração, independente de crença e do tipo de oração. É estender a mão ao querido irmão. É se aconselhar a dar conselho sem jamais cobrar. É doar-se a tudo e a todos pela osmose da extensão. É deixar que o mundo rode, pois, Ele foi Deus na manjedoura, como no reino de Herodes.
É provar do dulcíssimo nirvana; É sair fora dessa caravana... “É ser Amigo do rei, fazer uso de toda a força humana. Mesmo que nada tenha a escolher. É levar um cutucão na ilharga, passar alguns dias em Pasárgada. “Navegar é preciso além de Trapobana”. Não é nada do nada, é simplesmente viver! Sem a ninguém condenar, porém, com a consciência de não se condenar também... Que aqui não fique o entendido pelo não entender, pois, viver é a melhor maneira de crescer ao alvorecer do amor do benquerer...

A felicidade é plenamente intrínseca!

O pensador não para de pensar...

jbcampos

jbcampos
Inserida por camposcampos
1 compartilhamento

❝ ...Quero respirar este ar puro, este cheirinho de
liberdade, de poder caminhar por novos caminhos,
ir em direção aos meus sonhos sem medo ou
culpa de ser feliz...❞
---------------------------------------------Eliana Angel Wolf

Eliana Angel Wolf
Inserida por ElianaAngelWolf