Textos de Vitórias

Cerca de 923 textos de Vitórias

Te escrevi mais uma vez,
confiei no coração,
te entreguei os meus mais raros versos,
me perdi no seu amor,
me encontrei na minha dor,
talvez tudo possa mudar,
só vamos continuar tentando, ou errando,
espero que você, só dessa vez,
possa me entender,
a vida tem um fim, mas nós não,
só tenha cuidado, pois dessa vez,
eu sei como te esquecer.
Vamos nós libertar e prosseguir,
seu caminho é para lá,
e o meu para cá,
leve mais esse poema, mas agora vá,
e lembre de me esperar.


Sei lá, só que

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Dizem por aqui, que tu me causa dor
já que tudo me mudou.
Meus versos melancolicos,
me salvam e te ferem,
como as pontas de minhas canetas no papel,
como essa cidade, você se perdeu,
e tudo mudou.
Saiba que me perdi mil vezes,
antes de estar aqui,
então entenda que não quero mais voar só,
só quero morrer, talvez de saudade ou de amor,
se souber que você virá me ressuscitar.


Sei lá, só que

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

EU?

Nem ateu, nem crente,
certo ou errado, essa não sou eu,
características nos definem,
mas o que sou? Sou incertezas, sou tudo o que não
sei explicar, o que você não entenderá.
Vou juntado meus pedaços, como quebra cabeça
tentando me encontrar, me visualizar pela última vez,
antes que tudo faça sentido e eu me veja, sendo minha
própria abominação, me tornando o que lá atrás julguei não gostar,
sem entender, vou testemunhar minha destruição.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Saudade daqueles velhos tempos.


A saudade poderia ser só uma palavra, com um significado banal, com existência sem sentido, poderia ter sido algo esquecido, mas se tornou algo tão real, que sutilmente está sempre presente.
Sabe oque me remete essa condição?
Aquela velha questão, de que amigos nunca se separaram apenas seguem caminhos diferentes.
Hoje recordei as águas passadas, encontrei uma flor com as seguintes palavras, Amigas pra sempre.
Uma faísca saiu voando e acertou na palha, uma chama se acendeu.
E acredite me deu esperança, da nossa velha confiança.
A saudade tem outros sinônimos mas não quero cita-lhos, pois um significado tão puro deve ser concentrado e mantido seguro dentro de si ou de uma palavra.
Nossas conversas me remetem á saudade, não um sentimento triste mas de alegria, as conversas sempre fluíam, o assunto não acabava, e sinto falta de tais palavras trocadas com sinceridade.
Nossas rimas e poesias, talvez fossem uma forma de União, amor, calor, abraços apertados, risadas hilárias, de algo que hoje talvez nem tenha graça.
Mas algo tão sincero, revive sobre a saudade, o tempo passou, a gente mudou, crescemos, amadurecemos, revivemos.
Como no arcadismo brasileiro, queria voltar aquele tempo, à Arcádia se não me engano.
Nossa quanto tempo, passou, quanto tempo falta? Para tudo acabar, um segundo, um minuto, uma hora, um dia, um mês, um ano? Eu não sei!
Porém, o sonhos deles foi o nosso passado, talvez apenas imaginariamente falando,uma época só nossa da NOSSA amizade, "um lugarzinho no meio do nada com sabor de chocolate" talvez essa seja a melhor citação pra uma parte da nossa amizade.
Mas a esperança ainda resiste juntamente com a saudade, e aquela velha frase, "Amigos nunca se separam apenas seguem caminhos diferentes..."
Aliás nunca se sabe como uma nova Arcádia surgirá...

Maria Vitória da Silva Rezende
Inserida por MariaRezende
1 compartilhamento

A discriminação não vai trazer união
Em vez de olharmos para a pele
Vamos todos olhar para o coracão

So porque eu sou preto
Eu sou ladrão
So porque eu sou preto
Não posso ter
Um chão onde viver
Um pão pra comer
So porque eu sou preto
Eu tenho que ser descriminado
E humilhado

Eu tambem tenho coracão
Não mereço humilhação
Eu quero o fim da descriminação
O fim do preconceito
O fim da discurção de raça

Eu quero paz

Vitória Santos
Inserida por viih1santos

Onde foi o meu amor?
Ele não chegou, não bateu a porta dizendo "amor está aí?"
Meu amor não me trouxe flores secas compradas na floricultura ali do lado, que custava apenas cinco reais.
Não apareceu com seu violão desafinado, tocando uma musica suave e cantarolando que me amava.
Meu amor não me abraçou forte quando estava se despedindo, pedindo para ficar um pouco mais.
Ele não se ajoelhou e orou pedindo a Deus para nunca me deixar sair de sua vida.
Meu amor não me beijou com intensidade como se fosse o primeiro e o último beijo.
Onde está o meu amor?
Ou será que você não o notou?
O tempo é falho.
Ele passa, ele envelhece, e talvez, por uma zona de minuto, o seu amor está bem atrás de você!

Vitoria Larissa
Inserida por Vickyl

Bela rosa, caída em meio ao jardim ao lado de muitas outras rosas.
O que ela teria de diferente?
Era vermelha igual as outras.
Tinha um cheiro suave igual as outras.
Estava no mesmo jardim.
Porém sua história foi diferente.
Aquela rosa foi o início de um amor.
Aquela rosa foi enviada para sua mais bela rosa, através do amado marido que as enviou.

Vitoria Larissa
Inserida por Vickyl

Não vou negar que doeu, e que ainda dói
que a noite ainda é difícil.
Que toda vez grito tentando
me anestesiar da agonia que é, não te ter mais aqui.

Em mim ainda sinto essas feridas expostas, e gosto,
pois foi o que me sobrou de mais real. Aos poucos fui
me desintegrando, virando poeira, indo embora
e me abandonando, preocupada se algum dia voltaria,
me deixei ir.

Hoje me tornei essa colecionadora de decepções,
todos sempre vão e meu coração se desmancha, tento
não me culpar, por sentir demais e não saber lidar.

Escondo meu caos,
sem deixa-lo se destruir, porque mesmo
me odiando por sentir, ainda
me amo por não desistir.

Sei lá, só que...

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Você sente como se fosse um erro, sente tudo sempre indo, e
você perdendo.
Passaram os segundos,
As horas... passou até o mês.
E você continuou parado na sua própria solidão,
afastou aqueles que mais amava, perdeu-os.

Quando se da conta,
grita, grita e ninguém te ouve, ninguém mais liga,
hoje escreve relembrando a vida que não teve, se
esconde atrás de cada palavra angustiada, só
para não ter que se ver.

Queria saber se apareço na sua mente, ao menos
como uma lembrança boa, algo significativo, já
que me perdi e deixei tudo ir.

O nosso tempo é escasso, queria encontrar o
caminho de volta, pois sinto sua falta, e as vezes
me perco nos labirintos de meus versos
ao relembrar que deixei tudo pra lá.

Mas tudo bem. Estou mais conformada,
tudo sempre acaba, só quero a mim mesma
de volta, pois não sei onde me perdi, e
prometo que agora cuidarei apenas do meu
próprio universo.

Sei lá, só que...

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Uma coisa que nunca entendi, as pessoas dizem se amar passando tão pouco tem pó juntas, conversando, se conhecendo...

Esses não sabem o oque é o amor.
O amor é sofrer por não ter
Chorar por não conseguir
Sorrir por causa da mais simples e pequena demonstração de afeto

Amor é algo tão bonito e horrível ao tempo...

Aquela pessoa que faz você rir pode te fazer chorar a qualquer instante.

Primeiro saiba oque é o amor
e depois diga que está amando
não seja precipitado
pode ser apenas atração
ou obsessão por ainda não ter...

Brenda Vitoria
Inserida por BrendaVitoria

Azul


É uma cor tão bonita, a classificam como fria, eu sou um azul quase que cinza.
É a cor do mar, do mar da minha alma, é a cor da tristeza da certeza e da Val Hala.
Eu sou azul.

Amanda Vitória
Inserida por Sad_S2_Nick

Beleza? Só conheço a sua, se é subjetiva não sei, mas sei que é real, nem sei se pode existir raridade de beleza complexa da alma, só sei dizer que a sua é majestosa quando atinge o meu ser sinto resplandecer. Você é tão linda que é como oxigênio, não vivo sem, beleza? Não sei oque era, ate conhecer seu ser, chega a ser tão linda que até teu RNA não sabe resumir, menina veneno do jeito que te venero quero ser teu por completo. Não consigo compreender a essência do seu ser, se isso fosse mar queria me aprofundar pra poder encontrar as raízes, não modificaria se quer uma delas pois são exatamente do jeito que elas se fazem que preenche minhas lacunas de alegrias, completo dizendo que já nem sei se competiria com o tamanho da sua magia. Essência! Em especial a do seu ser, que é magnífico, não sei compreender fico perplexo com o teu olhar me perco no teu sorriso... Me perco mesmo é na forma sutil que sabe me descrever, não sei explicar a dimensão que é você, me deliciar nas conversas já virou o meu prazer, nem palavras vai decifrar o quanto é bom te ter.
Dúvidas intermináveis não sei se é paixão, ou se é amor, só soluciono que você me deixa louco com o fogo que me queima você me consome, morrer não quero planejo ver a obra prima que tu és se o nosso caso por acaso aconteça. De amor eu completo o teu verso, versificando tudo que é concreto se é excesso de sintonia, nem sei, se é vero, mas é muito diverso, o tamanho dos seres completos que somos ao ponto do progresso, alcançamos universos quando somos perplexos, pode solucionar os seus pedidos assim será atendido, se desejar me ver antes do último suspiro, conseguirá, discreto ou esperto venha me alcançar!
Selecionar seria impossível a vista das qualidades que me proporciona, não consigo viver sem te ver, morrer não é questão a questão é morrer sem te ver no meu coração preenchendo lacunas vazias. Solucione oque sou, e oque digo a dimensão em que me abrigo virou prodígio de alguém quão infinitivo como tu és.
Brisas, brisantes que se tornam brilhantes cada um resumido no tamanho do seu saber, formando tudo oque queremos ser, felicidade resume oque é poder te ter pra escrever.

Gabriela Vitória.
Inserida por LuanSousa1914
1 compartilhamento

Se eu vivesse a eternidade seria pouco para te amar, contemplo seu sorriso, és perfeição que enaltece a alma.
A sua alma enforecida, que me ferve de poesia, seja na tarde fria, ou no domingo de tédio que me pego pensando em nós.
Você diz que sou brisa, a brisa que chega sem pedir, sem se despedir, mais sabe despir sua alma em amor.
Enaltecida estou, porque hoje parei pra compor, e você foi um autor de toda essa loucura que sou, que fui, que escrevo, que poetizo.
Sem deslizos, nos desvaneios que me abrigo quero te ver sorrindo, sem cautela pois como dito antes o ódio mata e o amor sara, do lado do amor que escolhi ficar, deitar, debruçar, arriscar...
Dentro da caixinha de sentimentos que vejo aqui dentro, você é mais um detento dessa prisão de "sentimentos", que sem medo, se arrisca, tropica mas não cai!
Ironia rapaz hoje ser só nostalgia, mas virando poesia nessa noite fria, onde meu cobertor me vê palpitado a escrever pra você, pra mim, pra nós poesia até o último suspiro.
Obrigada por te ter comigo
Ser a inspiração de mais um escrito
Recordações mil.
Seu encanto me envenena meu antídoto é ter você
Amor platônico esse sentimento que consome minha madrugada,
Daí em ti reflito
Em seus braços não me encontro daí aflito fico.
Essa morena cor de mel me fez delirar,
Platonismo é inevitável quando "pirar" foi a única solução,
Não faz isso com meu coração!
Sei que segue teus passos, mas que tal criar laços? Pontes interligando eu e você, pra sempre nessa caminhada de enaltecer, a dramatização do amor, platônico que nós encontramos, sem pretensão só por razão, sentimentos e escritos que te abrigam no meu ser, muitas vezes em conflitos mas você sabe ser abrigo. Aconchego, que quando chega a despedida logo enlouqueço, porque sei que eu mereço, você merece algo verdadeiro que intensifique nosso amor, que enriqueça nossa trama e submeta a escrita de mais e mais poesias...
Seria perfeição ter você em meu coração?
Interligamos nossas almas em pura poesias essas interligam nossos corações,
Por mais da distância ligado estamos.
A única ponte que eu quero é uma que ligue os nossos lábios
E que assim interligados por completo
Entraríamos na perfeição
Você minha Eva e eu o seu Adão.
Eu e você no pecado do mundo,
Somos pontes já ligadas, já restauradas impossíveis de serem entendidas, ou solucionadas, porque somos complexos, e perplexos seguindo assim a sintonia de mais um verso. - Gabriela vitória e Luan Pensador

Gabriela Vitória e Luan Pensador
Inserida por LuanSousa1914
1 compartilhamento

Medo

Prefiro me esconder atrás do silêncio,
do que ser vista, com os mesmos
erros tolos.
Escolhi me esquivar da dor com doces palavras,
ausentar minha presença de todo o mundo.
Me afastar de vocês, com minhas atitudes infames,
culpar meu estresse de todo esse tormento rotineiro,
desculpe se ouvir que tudo dará certo,
já não faz mais sentido,
nada é certo,
nesse mundo caótico,
estamos algemados ao próprio descaso.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Eu estou tão triste
Meu coração tá gritando
Mas minha mente ajuda
Criando meu mundo utópico
Eu tô chorando
Queria eu mesma entender
O que está acontecendo?
Tá tudo tão escuro na minha vida
Acho que é a falta de Deus em mim
Não sei o que fazer
Só que...
Eu estou tão triste

Vitória Valentim
Inserida por VitoriaValentim

Existem em mim crenças, lemas e conceitos,
Uns herdados na família, em criança...
Outros, no decorrer da vida foram feitos,
Serão bons? Serão maus? São a minha herança!

Herança que eu posso mudar ou transformar...
Eu? Sim, eu, tu e sete bilhões pelo mundo!
As crenças, lemas e conceitos não têm lugar
Onde o ser humano morre moribundo!

Vitória Monteiro
Inserida por vitoriamonteiro

Estava pensando ontem a noite na história que eu tive com uma pessoa desconhecida. Era fascinante! Simplesmente adorável, mas acabou tão rápido. Lembrar dele é inevitável porém é sempre bom releembrar como éramos. Dois seres sem compromissos, sem amores e pudores. Ele era totalmente cabeça-dura. Discordada de 95% das coisas que eu falava, mas era perfeito aquele Ser!
Maduro, jovem, experiente, Homem! Era tudo que qualquer mulher necessitava. Estive muito tempo nos braços daquele homem, não fisicamente mas era com o que eu sonhava todas as noites. Mas era tão superficial, sentia-me como um passa-tempo... Até que um dia acordei e lembrei que não preciso desse homem maravilhoso que só exestia na minha cabeça. Por mais que aqueles olhos lindos penetrem em meu coração serei mais forte.

Fernanda Coelho Vitória
Inserida por FernandaCoelhoV

Vida de Poeta
Ser poeta é escrever com o coração
Ser poeta é tentar descrever com rimas essa estranha imensidão
Ser poeta é ser julgado
Ser poeta é ser aplaudido

Ser poeta é dar a cada verso um pedaço da sua própria alma
Ser poeta é enlouquecer com cada rima, olhar a si mesmo no espelho e manter a calma
Ser poeta é tentar mostrar ao mundo o seu verdadeiro significado
Mas muitas vezes por sua arte acaba sendo menosprezado

Mas mesmo com tanta coisa ruim não desistimos de ser poeta
A gente pode não mudar o mundo, mas sempre haverá essa porta aberta
Não escolhi ser poeta, a poesia me escolheu
Para mostrar a todos o amor que o mundo lhe deu.

Thays Vitória
Inserida por thaysvitoria

Minha luz
Amor,que bom que é ver o teu olhar a me amar
É tão bom sentir o teu sorriso a me encantar
É maravilhoso o modo que você me faz feliz,me faz parecer um chafariz com muita água a derramar.
Que amor é esse que me faz ter raiva e ao mesmo tempo te fazer carinho?eu sempre tiro um tempinho pra te mimar.
Ah,meu amor,se você soubesse quantos sorrisos eu já dei só de pensar em você,em nós dois sem ter o que fazer,fazendo brigadeiro pra gente comer.
Divido o meu doce preferido com você.
Tem pessoas que não acreditam que amor a distância dura,mas eu digo que dura sim,porque se não durasse,nosso amor já teria tido um fim.
É tanta discussão,é tanta briga que a paciência já se tornou amiga dos nossos defeitos e declarou que somos perfeitos,que não tem jeito,vamos sempre nos amar.
Não importa se há chuva,não importa se há sol,o que importa é que você é minha luz,só não é melhor que cuscuz,porque melhor coisa não há.
E se eu te dissesse que até melhor que o itapemirim tu é.
Meu amor,nunca se esqueça,eu te amo da cabeça ao pé.

- Vitória Fernandes

Vitória Fernandes
Inserida por vitoria_fernandes_1
1 compartilhamento

O coração bate forte, os olhos brilham e o sentimento aperta. O vazio consome o corpo e a mente vaga a alma em busca do seu espaço, em busca da cura.
O coração arde pelo amor, a chama está acesa e ele só fala: "vem!".
O cérebro diz não, o coração diz sim.
E mais uma vez o anoitecer é repleto de pensamentos vagarosos em sua busca.

Vitoria Larissa
Inserida por Vickyl