Texto sobre Dança

Cerca de 328 texto sobre Dança

Cansada, latente, arrogante e pouco vista
Dor de garganta sempre no final da dança
Mastigo meu odeio com rancor latente no coração
Constrangimento, míope, cega, como queira chamar
Tenho pressa que regressa no meu paladar a dor
Que batendo se mistura ao cansaço, visto - falado
Que se torna em mim uma montanha de elevador.

Ariela Venâncio
Inserida por arielavenancio
1 compartilhamento

Ver Som II
“O mundo é nosso palco.
A vida é nossa arte, nossa dança.
Nós somos os bailarinos e artistas.
Protagonistas que somos,
Devemos escolher o que e com quem
Queremos dançar.
Apresente sempre um show inesquecível!
Nunca deixe o espaço da dança vazio...
Dance com os Anjos,
Brinque com as estrelas,
Siga sempre cantando e bailando!
As estradas do Universo
Conduzirão- te à festa no Cosmo!”

Maykira
Inserida por Maykira
1 compartilhamento

Ela chega vaidosa e sorridente
Todo mundo logo sente seu perfume pelo ar
Ela dança com um swing diferente
Vai pra trás e vai pra frente, vai descendo devagar
Essa gata tem um jogo de cintura
É uma uva bem madura e a galera quer provar
Vagabundo tá na rua da amargura
Anda cheio de fissura mas sou eu que vou pegar
Só no sapatinho, ôh, ôh
Só no sapatinho, ôh, ôh
Só no sapatinho, ôh, ôh
Estão querendo disputar o meu espaço
Invadir o meu pedaço, mas não vou dar mole não
Já andaram rastreando o meu caminho
Pra saber se eu tô sozinho ou se tô nesse avião
Estão querendo me vencer pelo cansaço
Pra saber o que é que eu faço, mas quem fala é vacilão
Meu tempero, tem amor e tem carinho
Vou comendo bem quietinho, pra não dar indigestão
Só no sapatinho, ôh, ôh
Só no sapatinho, ôh, ôh
Só no sapatinho, ôh, ôh

Carlinhos
Inserida por carlos13adriano

A dança das cabeças
Uma cabeça sobre o seu pescoço
Feito um caroço
Em sua própria fruta
faz a luta
E o campo de batalha
E na batalha
As cabeças rolam por aí

O pensamento
É vento, fogo e sina
Que ilumina
E faz escuridão
É pura saga cega de batalha
É navalha
E as cabeças rolam por aí

Uma palavra
Crava e crava forte
Cheirando sorte
Amor e traição
Cuidado língua com sua cabeça
Não esqueça
Que as cabeças rolam por aí

As cabeças rolam...
Soltas nas dunas de areia
Cabeças de vento se deixam rolar

As cabeças rolam...
Doidas na selva de pedra
Na perda do sol,na cinza do ar

as cabeças rolam...
pelas escolas, nas colas
Nas bolas em tudo o que possa rolar

As cabeças rolam por aí...

Carlinhos Matogrosso
Inserida por carlinhosmatogrosso
1 compartilhamento

3º ano CCF GEO - 2009

Se uma manhã durase uma vida
se a dança nunca acabasse com os seus passos
o tempo que não permite a manhã e a dança
são as saudades de um tempo
um tempo que nunca volta mais

as lembranças que restaram
lembranças em um carbono antigo
não reproduz a mesma imagem
as faces de cada amigo

o tempo reverteu nossa ilusão
criou a realidade do passageiro
e fica preso no passado
cada sonho verdadeiro
estudando um espetáculo
vergando os aplausos
durando um ano inteiro

Geraldo Neto - Uiraúna PB
Inserida por gnpoesia
1 compartilhamento

A cabeça quando inquieta
Não pende apenas para uma vertente
Joga nos dois times
Dança que nem valsa
Pra lá e pra cá
No maniqueísmo
Parece barata tonta
Corre para todos os lados

Exerce sua obsessão de observar e inventar
Num tiroteio criativo
Salva e fere as idéias
Das bonitas, agridoces até as mais escrotas

NaNa Caê
Inserida por nanacae
1 compartilhamento

vem aqui
segura a minha mão
ouça a musica
dança comigo, agora
coloque as suas mãos
nos meus ombros
me aperte em teu corpo
feche os teus olhos
enquanto minha boca
procura o teu pescoço
deixa eu sussurar
palavras de amor
nos teus ouvidos
nao se apresse
o final não vira
a musica vai durar
até a eternidade
então, dança comigo
vem aqui

T NIKO
Inserida por nicolini
1 compartilhamento

Sou criança, sou uma dança
Sou uma festa, uma lembrança
Sou amor que em tu existe
A incerteza que insiste
Sou a dor do seu viver
Sou amor em uma flor
Eu sou silencio, sou a paz
Sou a vós, do leva e trás
Sou poema, eu sou uma rima
Sou olhar de uma menina
Eu sou um louco, muito louco
Sou uma árvore, eu sou um toco
Eu sou o eu, apenas eu
Sou palavras, sou museu
Sou um pensamento meu.

Reff Carvalho
Inserida por ClebioCarvalho
1 compartilhamento

A Vida é uma Dança de Puro Entusiasmo Interagindo com sabedoria equilibrando as duas forças complementares: Yin princípio passivo noturno luminoso frio com Yang ativo diurno radiante quente. Entre elas, surge todo movimento e mutação onde na Dança do reconhecimento das duas forças em tudo que existe. Todos…! Deuses Santos Entidades e Grandes Líderes cantam com muito entusiasmo!

— DEUS É PAI E MÃE!

RiSoLuArtE
Inserida por RiSoLuArtE
1 compartilhamento

Será que a minha vida dança em um tanto para me conquistar, sem revelar os sentimentos por mim que tanto busco em outra vida?
Sigo curtindo o meu caminho só sem desviar de meus objetivos primários, que pelas minhas virtudes fora sinceras;
Vida minha! Não me engane para que eu não caia do lado mais fraco nem fique a beira da calçada, entendendo migalhas;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY
1 compartilhamento

-A convidada que se esconde atrás de um véu

Convidada mal vista na dança da vida
Conhecida sendo total desconhecida, és operária do destino.
Tu és quem proporciona um doce descanso
dos desgostos da vida.

Como um piano tocando uma harmoniosa melodia,
Concluo que as pausas são necessárias na vida.
as perdas nos ensinam grandes coisas...
Os olhos da alma não precisam de presença.

Somos um sopro de vida nas mãos do Criador,
a hora da chegada já traz a hora da despedida.
Muitas coisas mudam na vida, mas uma é sempre certa,
Nossos feitos ultrapassam a eternidade, seremos inesquecíveis a quem nos quer bem
Farol iluminando a escuridão desse momento.

A morte é o voo mais alto que alguém pode se dar ao luxo,
Não deve ser tão ruim se sentir livre da matéria...
Lá nesse lugar desconhecido, os sonhos transpassam o limite de tempo.
E tudo se torna calmo, para quem travou uma grande batalha.

O premio ao vencedor é a paz de espírito,
O deserto torna-se lugar de reflexão,
lagrimas são as palavras do coração, um sussurro da alma
Um mistério a se desvendar,

O véu cai a todos um dia,
A esperança não acaba por aqui, o limite é quebrado.
O que resta a quem fica é aprender a lidar,
Quando um se vai, dois chegam para ficar.

O insubstituível é mágico a sua maneira,
O fim é um recomeço a todos que assim crerem.
A mudança mais difícil é sempre a inevitável,
Todas as coisas desse mundo passam como o vento.

A vida é o que acontece quando o espetáculo termina.
como no teatro, atrás da cortina a verdade se revela,
e o ator torna-se passageiro no trem da vida.

Thais Duarte
Inserida por ThaisDuarte
1 compartilhamento

A dança da vida

Lagarta em fase de metamorfose,
em busca de suas asas
Ela nunca sabe a hora certa,
vai ver que não existe...
Decide se esconder no casulo em busca de respostas.

O tempo senhor de todas as mudanças,
Encarregou-se da pequena lagarta...
cuidou, ensinou e amou nossa querida.
Lagarta/borboleta ainda tem medo do desconhecido,
muitas surpresas ele traz.

Tempo de novidades,
O tempo é passageiro na vida, pegou carona com a solidão.
No casulo ela vai se transformando, vida que segue seu curso.
a nova borboleta imagina o mundo lá fora
o que acontecerá em seguida?

A borboleta agora é capaz de voar,
sentir as flores...
o voo dela dá gosto de ver, liberdade dançante,
Sentindo cada vez mais alto ela vai.

Quem antes era ignorada, tornou-se objeto de desejo
nem todos entenderão seus movimentos graciosos.
A borboleta nunca entenderá o sentido da rejeição,
pois só se preocupa em olhar as flores, são as únicas que fazem sentido.
Bailando no vento a borboleta vai.

Agora tem sua própria lei,
as lições do casulo estarão sempre sem sua memória.
A linda borboleta agora é inspiração...
De inimiga se tornou companheira:
A inevitável mudança!

Thais Duarte
Inserida por ThaisDuarte
1 compartilhamento

Dança da esperança

As vezes fico imaginando,
Assim pensando:
Quanto tempo,
Para o tempo passar?
O tic-tac do relógio,
Todos apressados,
Meio isolados!
A correria do dia-a-dia,
Sem pausa para harmonia,
A alegria, que contagia
Cheia de fantasias!
Na lembrança…
Sinto saudades da infância,
Sem militância,
Tudo era coisa de criança,
Não existia a arrogância,
E com muita dança,
Triunfava a esperança!

Camila Peres
Inserida por camilaperes
1 compartilhamento

"A mágica da nossa "dança" começou mesmo antes dos primeiros passos juntos.
Aquela troca de olhares, o sorriso de canto de boca, a facilidade em me pegar pela cintura, a minha facilidade em encostar meu corpo ao seu, em pegar o seu ritmo, em encaixar meu rosto em seu pescoço...
Na nossa dança, ele consegue fazer com que eu levite sem tirar meus pés do chão.
Também me embala na mais linda das melodias, sem que eu tenha medo de errar o passo. Com ele consegui achar meu "ritmo".
Para mim, ele é o melhor dançarino que existe.(embora diga que não sabe dançar).
Em nosso " salão", ele me conduz com a maestria de um professor e sem me importar se estou fazendo o passo certo,aceito o desafio e me sinto flutuar.
Para mim não há nada mais prazeroso que ter seu corpo colado ao meu, sua mão em minha cintura, sua disposição em me ensinar e a certeza de que o nosso "baile" está apenas começando. E a noite toda torna-se pouco tempo para a delícia e magia de estarmos (DANÇARMOS ) juntos.
E eu, cá comigo, só desejo me tornar uma boa DANÇARINA para ser sempre a parceira escolhida para sua dança."

Ticiana Padilha
Inserida por Ticipadilha
1 compartilhamento

Doce menina dançante peregrina às vezes bailarina
Dança na lua e volta chorando para areia fina
Encanta-me em tuas sombras, me ilude com tuas rimas.
Domina-me com teu olhar depois me deixa na agonia

Suave como o vento, forte como o mar, nunca sei como te navegar.
Na confusão acha arte que, ela chama de vida.
Origami de emoções, minha caixa aberta, imperfeita por perfeição.
Desgraça você e minha maldição. Canta o canto da sereia, eu caio na sua teia.

Faz da vida um espetáculo, gosta de estar no palco.
Luta contra a dor do mundo que te rejeitou.
Mas como mais profunda gargalhada esconde majestade a lagrima que te deixa adornada.


Um dia como sol, um dia como lua, não se contenta em ser só uma!
Viaja para longe com medo de se machucar, mas brinca na fogueira que pode te queimar.
Bagunceira imperatriz e bobo da corte, fala a verdade e depois desdiz.
E do nada vem e fala adeus... E não vai
E assim você é enigma origami profunda e algo mais...

Danilo Carvalho
Inserida por arcanjozer0
1 compartilhamento

Apenas danço.

Instinto seria um bom motivo
Danço ao som do seu sorriso
Uma dança pagã aritmada
Entre as elipses de suas formas
Arrefecido e febril eu danço
Insanidade seria um bom motivo
Pra saltar os precipícios adiante
Tomar impulso e partir
Retirar as vendas em queda livre
E sentir prazer ao cair
Sobrevivência um justo motivo
Para estar nu diante dos inquisidores
Sorrir apenas, sem intenções pensadas,
Cantar porque é vital
Ou seria medo o tal motivo?
Da solidão ensimesmada e presente
De me abandonar diante do espelho
De me confundir com alguém que nem conheço
Um motivo triste seria a fome
Seria biológico e rígido demais
Apenas o cumprimento de um ciclo
Encerrando numa noite fria
Penso por que eu danço
Ao som do seu sorriso
Por que me queima essa febre
E na ignorância pura dos infantes
Alucinadamente e dopado eu danço
E faço do amor o meu maior motivo.

Vladimir Wingler
Inserida por Wingler
1 compartilhamento

“Dançando na Curva”

Entramo-nos com a nossa dança
Impiedosa e circuncisa
Seres vivos entre aguas
Um bailar de incertezas

Vegetaçao de outono
Formigas no inverno
Garoa no verao
Tempestade sem lembrança

Passiveis de tudo
Alheios a todos
Cansados e estupefos

Andar com os diferentes
A favor da correnteza
Bater frente ao vento
Violar o sol

Ferir-se nas rosas
Semear no verao
Colher no inverno
Soprar invés de assoviar

Contrariando a ventania
Cantando no sol
Dançando na nuvem
Sapateando na areia

No em cordao de harpa
Laço em linha de remendo
Cobertor de dia
Lençóis a noite..

22/12/12

Luciana Pajor
Inserida por Lupa31
1 compartilhamento

CIGANA
Sidney Santos

Dança minha gitana
No sonho do baila comigo
Mostra beleza e gana
Deixa-me dançar contigo

Mulher sensualidade
Batidas dos pés e palma
Entoa o amor de verdade
Trazendo o reflexo d’alma

Baila ao som da guitarra
Solta teu lindo sorriso
Canta que é a vida é uma farra
É isso só que preciso

Sidney Poeta Dos Sonhos
Inserida por Poetadossonhos
1 compartilhamento

Aqui estou eu...

Aqui estou eu...
Sozinha neste mundo infinito,
Sem ninguém pra abraçar,
Dançar, conversar...
Ninguém pra AMAR.

Aqui estou eu...
Num túnel sem saída,
Com medo dessa realidade,
Que sem querer,
Toma conta do meu eu.

Aqui estou eu...
Pensando, refletindo,
E tentando achar,
Uma alternativa para isso,
Uma coisa tão simples... mas tão complicada.

Aqui estou eu...
Sentindo somente,
A presença de quem já algum dia,
Invadiu meu coração,
Deixando marcas... para sempre!

Aqui estou eu...
Pensando...Sentindo... Desabafando...
Sem ninguém...só com lembranças.
Que algum dia,
Irão como todos...

Letícia Aline Rossi (13 anos)
Inserida por LETICIAROSSI
1 compartilhamento

A vida é como uma dança, que deve ser dançada conforme a melódia. E como se, a cada novo dia se tornasse algo extremamente valioso. Mas em tese a vida não é apenas como contos de fadas, que ouvimos quando criança com aqueles finais felizes. Acho que todos devem se perguntar, e depois o que será que aconteceu com cada princesa? -Pois é, nem toda princesa terá sempre um final feliz para sempre.
Quem dera, eu ter o poder de mudar o destino, mas é como dizem. Nem tudo o que queremos podemos ter. Mas que graça teria se pudesemos ter tudo aquilo que queríamos.A vida seria muito chata. Pra conseguirmos algo, é sempre bom sentirmos um pouco de medo, viver aventuras, dar muitas risadas, chorar, gritar e até de vez em quando vale fazer algumas birras. Aprendemos a dar os nossos primeiros passos ainda quando crianças. Em meio a tantos tombos, mas no final perdemos o medo e seguimos adiante.
A vida é assim, Temos que conquistar os nossos sonhos sozinhos. Sem medo da vida e sem medo de errar.

Lavynea Silva
Inserida por LavyneaSilva
1 compartilhamento