Reflexões sobre o Casamento

Cerca de 4910 reflexoes Reflexões sobre o Casamento

Meu conselho é que se case. Se você arrumar uma boa esposa, será feliz; se arrumar uma esposa ruim, se tornará um filósofo.

Como se tornar uma esposa melhor? Tentando não fazer do marido um esposo melhor.

Quero para mim o espírito desta frase, transformada a forma para a casar com o que eu sou: Viver não é necessário; o que é necessário é criar.

O casamento feliz é e continuará a ser a viagem de descoberta mais importante que o homem jamais poderá empreender.

Um casamento feliz pode existir apenas entre um marido surdo e uma mulher cega.

Uma boa esposa é um grande consolo para o homem em todos os contratempos e dificuldades - que ele nunca haveria de ter se tivesse continuado solteiro.

O arqueólogo é o melhor marido que uma mulher pode ter; quanto mais velha ela fica, mais interesse ele tem por ela.

O bom marido nunca deve ser o primeiro a adormecer à noite, nem o último a acordar pela manhã.

Devemos escolher para esposa somente a mulher que escolheríamos para amigo, se ela fosse homem.

Há homens que devem à esposa tudo o que são, mas em geral, os homens devem à esposa tudo o que devem.

De todos os remédios caseiros, uma boa esposa é o melhor.

Aqui jaz a minha esposa: que ela tenha repouso! / Agora ela está em paz, e eu também.

Uma amante pode ser tão incómoda quanto uma esposa, quando se tem apenas uma.

Tão difícil é achar uma esposa amorosa como encontrar um esposo sempre afável com a sua mulher.

Senhora, eu vos amo tanto
Que até por vosso marido
Me dá um certo quebranto.

É mais fácil ser amante do que marido, pois é mais fácil dizer coisas bonitas de vez em quando do que ser espirituoso dias e anos a fio..

Beleza é o poder pelo qual uma mulher encanta o amante e aterroriza o marido.

A mulher mais ciumenta é talvez a que mais facilmente atraiçoa o marido e menos tolera que ele a atraiçoe. Porque o ciúme é a afirmação de um direito de propriedade. E esse direito reforça-se com a traição dela e diminui-se com a dele.

No dia em que a mulher descobre que o homem, pelo simples fato de ser seu marido, é também seu cônjuge, coitado dele.

O amor entre marido e mulher é uma grossa bandalheira. É degradante que um homem deseje a mãe de seus próprios filhos.