Poemas sobre as Ondas

Cerca de 1302 poemas sobre as Ondas

“” Não tenho medo das rugas
Das marcas do tempo
Das lágrimas que chorei

Não tenho medo da saudade
Das lembranças do que um dia existiu
Tudo que partiu, tinha que ir

Espero apenas o sol de cada manhã
Dentro de uma janela aberta ao mundo
Espero vida ...””

Oscar de Jesus Klemz

Ah o MAR,
Em seus mais diversos tons, não me canso admirar;
O vai e vem de suas ondas, o balanço das águas e a brisa suave tem o incrível poder de acalmar.

Élida Pereira Jerônimo

Sabes quem sou eu? Sou o azul do céu
Sou as ondas do mar
Sou o vorde das folhas
Sou o prazer do amar
Sou uma criança carente
Sou um velho desprotegido
Sou um leão à atacar
Sou um recém-nascido
Sou a ave que canta
Sou o oposto da morte
Sou a mão que semeia
Sou o azar e a sorte
Sou o pecado da pele
Sou a luz que clareia
Sou a gota do orvalho
Sou a aranha e sua teia
Sou o motivo da existência
Sou o pulsar do coração
Sou a dor do parto de uma mãe
Sou o medo do trovão
Sou a poesía viva
Sou a luz na escuridão
Sou as mãos calejadas
Do homem do sertão
Na esperança do futuro
Sou a força que conduz
Sou a prova de amor mais sublime
Demonstrada por Jesus

Sabes quem sou eu?


A VIDA!

Luciene Costa
14 compartilhamentos

O vai e vem das ondas do mar nos trazem muitas conchas.
Algumas atiradas na areia nos conquistam por sua beleza e maestria. Porém, existem outras que ofuscam nossos olhos e faz com que interrompemos nossa caminhada para agacharmos e apreciarmos. E, quando nos conquistam, a levamos conosco e colocamos à mostra na mesinha da sala para exibi-la como um troféu.
Nasce um apego, uma paixão. Então, esta conchinha começa a fazer parte de nossas vidas, dia após dia...

No meio de milhares de pessoas, uma me chamou a atenção, que me fez parar, conhecer e se deixar conquistar.
Uma conchinha assustadoramente carismática e encantadora que hoje faz com que eu deseje levá-la para a mesinha da minha vida.
Uma pessoa que me faz sonhar, desejar, viver intensamente e acreditar como a imensidão do mar.
Alguém que me conquista a cada dia de tal maneira que nunca fui tão grata às ondas da vida por terem trazido algo tão especial.
Sou feliz por você fazer parte da minha vida.

Flavia Tonacci Costa

Mar nosso que estais na terra,
Santificadas sejam as nossas ondas,
Venha a nós a vossa praia,
Seja feito o nosso swell,
Assim no verão como no inverno,
O surf nosso de cada dia nos dai hoje ,
Perdoai as nossas vacas,
Assim como nós perdoamos quem nos rabeia,
E não nos deixas cair na tubulação,
Mas livrai-nos do crowd, aloha!

Oração do Surfista
159 compartilhamentos

Sou como um Mar Revolto,
cheio de ondas fortes
e há momentos em que
minhas ondas precisam recuar
para tomarem força,
porque até mesmo
um Mar Revolto,
não consegue
ser forte o tempo todo.
Então eu me afasto...
Pra voltar Mais Forte...
Mais Intensa...
Mais Eu.

Blazing Heart
27 compartilhamentos

Mesmo que o mar não tenha ondas...
Mesmo que o céu não tenha estrelas...
Mesmo que o arco-íris nao tenha cores...
Eu vou sonhar, lutar e vencer...!

Andreia Dória
27 compartilhamentos

"A árvore não prova a doçura dos próprios frutos,
o rio não bebe suas próprias ondas,
e as nuvens não despejam água sobre si mesmas:
a força dos bons deve ser usada para benefício de todos."

Sábios Hindus
23 compartilhamentos

O Teu Retrato

Deus fez a noite com o teu olhar,
Deus fez as ondas com os teus cabelos;
com a tua coragem fez castelos
Que pôs, como defesa, à beira-mar.

Com um sorriso teu, fez o luar
(Que é sorriso de noite, ao viandante)
E eu que andava pelo mundo, errante,
Já não ando perdido em alto mar!

Do céu de Portugal fez a tua alma!
E ao ver-te sempre assim, tão pura e calma,
Da minha noite, eu fiz a claridade!

Ó meu anjo de luz e de esperança,
Será em ti afinal que descansa
O triste fim da minha mocidade!

António Nobre
22 compartilhamentos

AS ONDA
(poema do projeto Noronha – Imagem e Poesia)

Ondas que parecem abraços
Calorosos, afetuosos, apertados...
Em verdade
As ondas de Noronha
Não são ondas, são abraços...
Que lavam a alma
De homens, arraias e barcos...

Bruno Bezerra

Sonhe

Sonhe, mesmo acordado.
Viva suas emoções intensamente.
Imagine as ondas do mar.
Olhe o pôr-do-sol...
Olhe para o céu, conte estrelas.
Tome um banho de chuva.
Sorria para todos.
Cante uma canção.
Ouça uma música...
Tome um banho de espuma.
Perca tempo com você.
Lute pelos seus sonhos.
Faça o que tem vontade.
Não tema parecer ridículo.
Mostre o quanto está feliz.
Não deixe de ser criança.
Tenha coragem das pequenas coisas.
Telefone para os amigos e diga:
- Gosto muito de você!
Fale mais: eu te amo!
Demonstre:
- Preciso de você!
Dê uma boa risada.
Compre um presente para você.
Mude alguma coisa.
Esqueça rancores, perdoe.
Permita-se o erro.
Aceite um elogio sem se desculpar.
Sinta-se com direito de brilhar!
Viva com paixão!

Desconheço o autor...
123 compartilhamentos

O mar está agitado, o vento forte e as ondas quebram sobre o barco.
As ondas levantam o barco que várias vezes quase vira.
E a água invade o varco sem pedir licença.
Não adianta pegar eu balde e tirar água do barco.
Não adianta pegar o leme e tentar driblar as ondas.
Não adianta tentar enfrentar a fúria da natureza.
Essa é uma daquelas situações que o homem percebe que, realmente, não é nada.
O que fazer? Eu me pergunto.
Então eu me lembro...meu Mestre está lá embaixo.
Dormindo, sossegado.
O vento não O afeta, a tempestade não O pertuba.
A fúria da natureza não O assusta.
Nada, absolutamente nada, pode pertuba-Lo
Eu vou até Ele, Ele prometeu que estaria comigo...que me protegeria.
Penso em acorda-Lo mas quando me aproximo vejo uma cena que me deixa impressionado.
Ele está dormindo como um bebê, a tranquilidade em seu rosto é impressionante.
O caus está instaurado, a natureza rompe em fúria e Ele está dormindo.
Nada O abala.
Eu não o acordo...algo me diz que eu não preciso acorda-Lo.
Ele, mesmo dormindo, está no comando.
Acho que é isso que chamam de fé.
Eu me sento ao seu lado, não durmo, estou nervoso demais para isso.
Eu seguro sua mão, afinal, estou apavorado.
Eu recosto minha cabeça no seu ombro, estou exausto.
E de repente me vem a certeza de que, mesmo se tempestade não pare, nós, eu e meu Mestre, chegaremos seguros a outra margem.

Felipe Guilherme Ferreira da Silva
3 compartilhamentos

As pessoas especiais são como ondas!
Chegam belas e grandiosas e te conquistam,
e quando se vão parece que esta levando nosso chão e te afundando num poço de tristeza

Pepino do mar

Nas ondas do mar
Que, na areia, morrem,
Raios do luar...
Nas águas que correm,
No doce do mel,
Estrelas do céu.
Na felicidade
Na claridade,
Barco de papel.

Numa pipa no ar,
Rosto de criança
Ir ao céu, voar
Toda esperança
Nessa verde mata
Queda da cascata
Riso tão feliz
Todo bom matiz,
O belo arrebata.

Um sonho de infância
Na calma do ninho
Na paz duma estância
Asa, passarinho.
Em tudo na vida
E também no amor.
No doce calor
No abraço fraterno
Carinho tão terno
Que impede uma dor.

Na voz tão serena
Que acalma quem chora
Na luz mais amena
Que a vida decora.
Nos braços da amada
Na bela alvorada,
Nos sonhos risonhos
Nos mais belos sonhos,
No rumo, na estrada...

Não deixa que escuro
Se torne meu mundo
Amor tão maduro
Maior e profundo.
Andando, comigo,
Não vejo perigo,
A vida se acalma
Inunda a minha alma
No amor de um amigo!

larissa

Carnaval...
Não te embebedes na fantasia de cor e ritmo
Porque…
Te irás naufragar nas ondas do irreal.

Cõllybry

olhei pro mar e a lua brilhava sobre ele
olhei para areia aonde as ondas se quebravam
Olhei para o céu aonde deus te guardava

meu eu lirico

A PÉROLA NA TENDA

Você estava escondida
pérola no fundo do mar
as ondas lhe trouxe
como presente ao luar

agora numa praia deserta
o coração aperta
matar minha saudade
das coisas incertas

saudade contida
coração apertado com um nó
mirando seu corpo suado
conheço cada parte de cor
fazer de uma tenda um harém
harém de uma mulher só

Presley Márcio Santana

Ame...
como se fosse ondas,
amando a areia,
como se fosse o luar
que ama a noite
na lua cheia
Ame...
não tenha nenhum receio,
ame, como o próprio fogo ama
e ele mesmo se incendeia

Neusa Marilda Mucci -poetisa

A vida para mim é com surfar,
não importa quantos tubos se fechem,
não importa quantas ondas tenha que furar,
não importa quantas vacas tome,
nunca desisto, pois a satisfação em acertar e maior que o meu medo de errar.

Rodrigo Barreto Guedes

Rádio Pirata

Abordar navios mercantes
Invadir, pilhar
Tomar o que é nosso
Pirataria nas ondas do rádio
Havia alguma coisa
Errada com o rei...

Preparar a nossa invasão
E fazer justiça
Com as próprias mãos
Dinamitar!
Um paiól de bobagens
E navegar o mar
Da tranqüilidade...

Toquem o meu coração
Façam a revolução
Que está no ar
Nas ondas do rádio
No submundo
Repousa o repúdio
E deve despertar...
Disputar
Em cada freqüência
Espaço nosso
Nessa decadência...

Canções de guerra
Quem sabe canções do mar
Canções de amor
Ao que vai vingar...

Paulo Ricardo