Poemas de Jaak Bosmans

Cerca de 143 poemas de Jaak Bosmans

Desvendar – te a mulher.

Percorro em deslizantes carícias
Teu perfil -silhueta, em noite da grande lua
Deitados em lençóis de perfeitas ondulações
Bordados com brilhos abissais, em cenário de prata.

Momento -silêncio de música etérea
Escuto o perfeito encanto do teu desejo.
É pequeno, suave e tímido, o toque de teus pés
Num acolher que me faz sentir que me queres teu.

Percorres ainda em pequenos delírios
Em desejo ardente de ser mulher
Buscando meus segredos desvendar
Sem abrir a guarda, de teus contidos recatos.

Se refazem sabores dos perdidos inícios
Nos lençóis já em dobras menores
Onde os corpos já desnudos se bordam entre si
Na busca do que se torna apenas outro ensaio.

Desejos contidos pelas velhas lembranças,
Se revelam num súbito desfazer de algumas carícias
E no inquieto e incontido sentir-se mulher
Ainda escondes o desvendar – te inteira.


Sufocas em beijos teus sussurros de esperado prazer,
Que no mais perfeito entrelaçar de nossos corpos,
Te retesas e te entregas no mais doce e perfeito delírio,
Quando enfim te fazes mulher naquele que é teu homem.

Jaak Bosmans 04-06-09

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans
1 compartilhamento

"Até..."

Atrevi a um pequeno brilho em noite de estrelas
Me perdi em cantigas como em criança brinquei
Procurei no esconde-esconde minha namorada
Mesmo a vendo não queria apontá-la.
Procurei pelo melhor amigo
Que em criança eu sabia existir
Escondido correu e me fez
outra vez esconder o rosto.
Contar até dez continua sendo meu trabalho
Deixando de ver a namorada
Acreditando que ainda existem amigos
Mas sempre escondendo meu rosto!
A noite acabou!
Não me lembro das cantigas
A namorada foi embora,
Com o amigo que correu na frente!
Vou tentar ainda
Contar de novo até ...

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

"Amargo recheio"

Descubro-te desnuda
E debruço,
No escuro pra te embalar
Como em noite de luar,
Em toques de ternura.
Te escuto o silêncio.
Te falo calado.
Sem enfado me descubro desnudo,
E rebusco nestes dois corpos
Aquele que é um só.
Me recubro de lembranças,
Mas recuso voltar no tempo.
Me envolvo em travessuras,
Travesseiros, mas sem teus seios.
De culpas recheado, já percebo
Apenas dormências.
Reminiscências de um gostar de você,
Na permanência da sua ausência.

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

"Gestalt"

Mesmo aqui encontrei a saída!
Em escadas não calculadas,
Em degraus que se tornam planos.
Onde você começa.
Lugar de nunca terminar!
Espaço reservado!

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

"Flores" (título bem bobinho mesmo)

Gotejei cada pedaço de mim
Em refrescar apenas a dor
Que a cada momento se desfazia em nuvens
No rasgar entre o brilho que me tinham flores
Não por razão perdida, louca, ou falta de razão
Desci pelas escadas laterais da minha amargura
De onde podia gritar o lamento do que não existiu
Em jogos de cartas ou dados, sempre perdi meu horizonte
Joguei até o último pedaço de mim
Refrescando toda a minha dor
Que nas flores tinham gotas!

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

"Último canto"

Te procurava em finais de arco-íris
Percorrendo estradas de puras nuvens
Corria através de túneis sem fim
Voava por sobre desertos e oásis

Em bosques, florestas e matas te buscava
Nas montanhas, em ecos te gritava

Num lago em sol a se por
Chorei quando te vi

Eras cisne e me chamavas.

Num esforço real, irreal e surreal
Me transformei em cisne pra te abraçar!

E como cisne apenas cantei!


(Ouro Preto-MG 01/12/2007)

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

"Os três lados da mesma moeda"

Poesia é fácil fazer, na verdade todo mundo faz.
Poesia é difícil de escrever, é manejar letra por letra construindo palavras que podem se tornar poesia.
Poesia é impossível de ser lida, como a mesma.
Porque poesia contém também o lado espesso.

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Ai! Cai! Balão
Ai! Cai! Balão
Aqui não,aqui não;
Aqui nãããããão!!
É melhor continuar a subir
EXPLODE!!!!!!!!!!!!!!!!!

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Circularidade

Sou
O pôr do Sol!
Sou
O pôr!
Sou
O colocar do Sol!
Sou
O colocar do Só!
Sou
O pôr do Só!
Sou
O pó do Sol!
Sou
O pó do Só!
Sou
O só do pó!
Sou
O só do só!
Sou
O pó do pó!

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

II Ato

um quadro na parede pintado incrustado
um quadro pintado incrustado na parede
um quadro incrustado pintado na parede
na parede um quadro pintado incrustado
na parede incrustado um quadro pintado
na parede pintado um quadro incrustado
incrustado pintado um quadro na parede
incrustado na parede um quadro pintado
incrustado pintado na parede um quadro
pintado na parede um quadro incrustado
pintado incrustado na parede um quadro
pintado incrustado um quadro na parede

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Para Magali

Te busquei em alturas
procurei em superfícies
te encontrei afinal
no mais profundo de mim!

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Sentido da seta!

Término da vida!
Sentido de uma seta que
Aponta para baixo
Para os lados
Nunca para cima
Onde possa alcançar
Manuscritos do aMar Morto!

3-3-2008

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Pra porta da rua
Já fui e já voltei
Agora só entro em casa
Onde porta não dá pra rua

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Minguante

A lua em quarto
Penetra meu quarto
Onde guardo retratos
de tudo que foi...

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

NEBLINAS
Quando me derramo em sonhos
Apenas percebo ausências que nunca as tive
Busco tocar com as mãos, sombras, cores e amores
Em quase nada relembro você a não ser em lentidões
Tenho manchas em todo o corpo, em cores difíceis de pincelar
Meu amar se tornou rebelde, e meu sorriso apenas espelho
Remarco os preços do passado e liquido tudo sem entradas
Desmancho as estantes das lembranças, recolho o lixo das mágoas
E torno a buscar o travesseiro caído ao chão.
Recosto nele os pés e me abraço a novos tormentos!
Solidão!!!
E em novo sonho me torno barqueiro só pra te levar.
Sem nada no silêncio da incerteza,
Nos encontramos partindo para a outra margem.
Longe!!!!!
Onde ninguém vê quanta ternura, quanto carinho, abraços e beijos.
Porque desaparece o barco,sob a neblina de todo sonho .
Jaak Bosmans 5-5-2008

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Gritam sempre lá de baixo

Se em alguns momentos me permito quietude
Busco apenas o silêncio que me transporta
algumas vezes a uma ternura que imagino existência,e,
outras a um mar apenas com reflexos de estrelas.

Transponho a quietude ainda mais
E já não ouço nem mesmo algum pensar

Tudo me eleva e me assusta poder ser tudo que eu imagino.
E sou!
Aqui diante desta quarta feira que me aborrece,
pulo de pedra em pedra, até alcançar o profundo do nada.
Assim me distraio e até perco o sono.

Louco!!! Gritam lá de baixo.
E despenco suavemente no silêncio.
Onde abro os braços e te recebo.

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Apenas!

Perdi o espaço entre nós.
Não era distância, não era presença nem ausência
Apenas a essência que derramei sobre o linho puro
E segurei leve as suas mãos.
E assim nos derretemos em grandes rios e nuvens.

Me debrucei para ver tudo lá de baixo,
E nos risos haviam sorrisos,
E apenas uma nota era toda a sinfonia.

Gosto do real, e concorro sempre com ele
Divirto meus dedos nos teclados
Hora escrevendo, hora tocando apenas
A nota que faz a sinfonia.

Jaak 23-01-2007

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Das alturas e momentos

Revelo sempre em poucas palavras o som de toda minha angústia .
Descubro novas estrelas sem nem mesmo conhecer o universo.
Apenas o meu....

Copio das cópias originais o belo detalhe rasgado no tecido
Como fonte colorida em versos caídos nos pântanos
Somente em defesa de alguma espécie em extinção!
Nós dois .......

Nos lagos não existem sombras de nada que está submerso
Assim como nada aparece nas lágrimas que ainda posso derramar
Porque hoje me tenho em retratos que ainda não foram revelados.

Por simples falta de minhas saudades!
Por simples falta de nossos encontros!

Permaneço!
Por grandes pequenos momentos!
Que guardo nas alturas.

Só para nós dois!

Jaak Bosmans 13-05-2008

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Canção para Ana Luisa

Como te dizer?
Não sei!!!!
Não, não preciso mais falar!!!
Nem mesmo esperar.
Apenas te pensar.
Podendo sentir sempre.
Seu encanto.
Que agora é todo o meu canto!!

Jaak Bosmans

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans

Única razão

Sabes de conhecer saudades?
Sabes de ver-te em tudo?
De colocar colares em torno da lua e pensar que é sempre você?
Não de tirar coelhos de cartolas que é mágica simples,
Mas de me tirar de mim e te entregar o melhor que posso?
Razão estranha essa,
sem nenhuma razão .
A não ser você.

Jaak Bosmans

Jaak Bosmans
Inserida por JaakBosmans