Poema Lua

Cerca de 4827 poema Lua

Quando anoitecer
E a lua cheia aparecer
Vou perguntar a ela
Por onde anda você...
Já faz tanto tempo
Que a gente não se vê
E a saudade vai chegando
Sem a gente perceber...
Entra em nossa mente
Toma conta do poder
Deixa uma ferida
Que faz a gente sofrer...
Lua cheia maravilhosa
Que brilha em esplendor
Me traga a felicidade
E também o meu amor...

Celi Luzzi
16 compartilhamentos

Boa Noite

Boa noite, Maria! Eu vou,me embora.
A lua nas janelas bate em cheio.
Boa noite, Maria! É tarde... é tarde. .
Não me apertes assim contra teu seio.

Boa noite! ... E tu dizes - Boa noite.
Mas não digas assim por entre beijos...
Mas não mo digas descobrindo o peito,
— Mar de amor onde vagam meus desejos!

Julieta do céu! Ouve... a calhandra
já rumoreja o canto da matina.
Tu dizes que eu menti? ... pois foi mentira...
Quem cantou foi teu hálito, divina!

Se a estrela-d'alva os derradeiros raios
Derrama nos jardins do Capuleto,
Eu direi, me esquecendo d'alvorada:
"É noite ainda em teu cabelo preto..."

É noite ainda! Brilha na cambraia
— Desmanchado o roupão, a espádua nua
O globo de teu peito entre os arminhos
Como entre as névoas se balouça a lua. . .

É noite, pois! Durmamos, Julieta!
Recende a alcova ao trescalar das flores.
Fechemos sobre nós estas cortinas...
— São as asas do arcanjo dos amores.

A frouxa luz da alabastrina lâmpada
Lambe voluptuosa os teus contornos...
Oh! Deixa-me aquecer teus pés divinos
Ao doudo afago de meus lábios mornos.

Mulher do meu amor! Quando aos meus beijos
Treme tua alma, como a lira ao vento,
Das teclas de teu seio que harmonias,
Que escalas de suspiros, bebo atento!

Ai! Canta a cavatina do delírio,
Ri, suspira, soluça, anseia e chora. . .
Marion! Marion!... É noite ainda.
Que importa os raios de uma nova aurora?!...

Como um negro e sombrio firmamento,
Sobre mim desenrola teu cabelo...
E deixa-me dormir balbuciando:
— Boa noite! — formosa Consuelo.

Castro Alves
64 compartilhamentos

Te sinto como
uma ventania constante
Te tenho na brisa suave
O cheiro de uma lua enamorada
esse olhar que se despe a alma
O silêncio que sela a boca
e abre o coração
Mistério de segredos
procura constante de eus, de zeus
Complemento de um poente
o querer, sem perceber
Um sonho que se aguça os sentidos
lembra que o amor é o alimento da vida
Sempre está comigo
tempo e lugar...

Pati Menezes
7 compartilhamentos

Que o sol possa lhe trazer nova energia a cada dia.
Que a lua suavemente lhe restaure durante noite.
Que a chuva lave as suas preocupações.
Que a brisa sempre sopre uma nova força em seu ser.
Que você possa caminhar suavemente através do mundo e saber de sua beleza todos os dias da sua vida.

Oração Apache
30 compartilhamentos

"Que eu tenha hoje, e a cada dia
A força dos céus
A luz do sol
O brilho da lua
O resplendor do fogo
A agilidade do vento
A profundidade do mar
A estabilidade da terra
E a firmeza da rocha."

Oração Celta
257 compartilhamentos

A noite já está chegando
venha lua, me ajude!
liberte minha alma doente
e meus pensamentos insanos,
liberte meus desejos mórbidos
e aceite meu gosto pela morte

nasci para viver na escuridão de minha mente
que ninguém consegue entender, nem eu mesmo....
eu prometo que vou tentar,
mas não conseguirei livrar o que sobra de minha vida,
da minha alma gótica...

sempre viverei no meu mundo
acreditando que sou normal,
embora muitos achem o contrário,
prometo que não irei enlouquecer ninguém com minhas idéias
por isso tranco-me dentro de meu ser...
porque vc não entenderia....

o que nem eu mesmo entendo....

Aline Di Iório
36 compartilhamentos

Eu, filho do cogumelo e do arcoiris,
Criança da lua e do sol,
Sinto, desde a pósgênesis senil,
A influência kármica do zodíaco.
Levemente entorpecido,
Este ambiente me causa contentamento...
Sobe-me à boca um júbilo análogo ao júbilo
Que se escapa da boca de um intermitente.
Já a borboleta- metamorfose intinerante-
Que as asas psicodélicas que deformam o ar
Voam, e a vida em geral declara amor,
Anda-lhes a espreita, minhas pupilas a navegar,
E há-de deixar-me apenas o consentimento,
Na tórrida organicidade do mar!

Lucius Scarabotolus Gattalis
11 compartilhamentos

Salve Exu Tranca Rua

Pensei na noite;
Sonhei com a lua
Quem eu entrei
Foi o Exu Tranca Rua.

Era reluzente e muito elegante
E quando gargalhava
Tinha um poder deslumbrante
Poder da lua.

Salve, Salve, Salve o Exu Tranca Rua.

Rei da encruzilhada
Mora no cemitério
A sua gargalhada
Possui um mistério.

Pois é Tranca Rua
Exu dono da Lua
Salve, Salve, Salve
Glorioso Tranca Rua

Srta Anjinha
9 compartilhamentos

Meu amor é como a lua que no céu vive a brilhar
Não importa quão nublado esteja
Pra você sempre estarei lá

Fernando Pita
16 compartilhamentos

NAMORADA

Veju, sinhazinha, nu seu sorrisu iluminadu
Disputanu cum a lua u seu reinadu
Trazenu alegria a esse caipira apaxonadu
Quereno com voismicê
Só avivê momentus incantadus

Meu coração totarmenti di ocê ocurpado
Bati forti só im oiá u seu retratu
Quasi qui ixplodi sentinu longi u perfume da sinhá
Imagine como haveria di sê, cum ocê du meu ladu?

Tô por ocê doidamenti apaxonadu
Feliz e inté meio abobadu
Por ter incontradu ocê pelus caminhu
Agora num queru mais avivê sozinhu

Ocê, sinhá, virô meu mió mutivu
As mais linda das razão
Os únicu sentidus meu
Di vivê cum tantas emoção

Sinhazinha, abelinha linda
Qui tantu mi faiz filiz
Qui na sua vida eu seja bão
Comu aquele seu zangão

Queria di infeitá ocê di fulô
Transforma ocê nu meu jardim
Juntanu prefume i côr
Demonstranu u meu amô

Im tudu u que óio mi trais ocê
O sol, a lua inté as istrelas se transforma im poesia
Os passaru e seus cantu, se atransforma im aligria
O retratu da sinhá, si transforma im sodade
O amô, a paxão i us carinho, se transforma im verdade
O ar que iêu respiru, si transforma im vida

Intão num tenhu mais u qui pensá
Cum ocê, sinhá, queru mi casá
Juntá nossus coração pra modi vivê
Pertinhu di mim e iêu di ocê

Filiz dia dus namoradu!
Sinhazinha!

Seu Joca Caipirinha

Tânia Regina Voigt - Escritora e Poeta
19 compartilhamentos

Que Você tenha Hoje,
e a cada Dia
O Amor de Deus,
A Luz do Sol,
O Brilho da Lua,
O Resplendor do Fogo,
A Presteza dos Ventos,
A Profundidade do Mar,
A Estabilidade da Terra, e
A Firmeza da Rocha!

Fabrício Santana
111 compartilhamentos

A lua em espelho traça um caminho no mar
que me leva até você
neste horizonte noturno
onde o céu e o mar se encontram.

Entrelaçarmos em silenciosos suspiros
velas brancas ao vento e o rangido do barco
Onde, só existe eu e você...
neste momento... e o ruído do mar...

Um cenário de estrelas cintilantes
a iluminar seu semblante...

Sempre vens na lua cheia
raptar meu amor, desejos e suspiros...

Ah! lua...
quando somes na linha do horizonte
me deixas louca com vontade de te ver...

Se vem nuvens em trovoadas
onde não me invoca a você
fujo e escondo-me debaixo da coberta
e espero o amanhecer...

mfpoton
4 compartilhamentos

Viver É Ter Você Pra Mim

Toda vez que o sol esconde a tarde
E a lua sede o azul do céu
Você chega assim meu bem se me avisar
Toca meu coração, e reacende em mim
Toda a emoção de amar que um grande amor nos faz
viver

Simplismente sinto neste instante
Que te quero tanto e te preciso
E quando penso então em ter você aqui
Chora meu coração, porque você não quis voltar pra
mim

O amor é mesmo assim
Nem sempre traz felicidade
Quandoi dói, dói pra valer e a gente perde a ilusão
Mas quando vem faz tanto bem
Liberta sonhos e paixão

Porque você não vem, volta amor
Me deixa ser feliz, pra sempre com você
Viver é ter você pra mim
Porque você não traz o sol
E faz amanhecer, acende o azul do céu
Pra nunca mais ter que dizer adeus

Porque você não vem pra mim
Só sei amar você
Faz alguém feliz assim
Traz você pra mim amor.

Marcília Andrade
8 compartilhamentos

Ela tem estrelas nos olhos
E a lua crescente no sorriso
Se eu fosse astronauta no seu céu
Eu iria ao paraíso

Ela tem o sol nos cabelos
E um caleidoscópio no rosto
O vermelho da sua boca
Eu quero tanto saber o gosto

Ela tem jeito de fada
E um porte de princesa
Mas quando passa não enxerga
Que me deixa sem defesa

Ela tem sonhos secretos
E um corpo que vicia
Me tira o juízo e o sono
Me maltrata, me angustia

Ela tem tudo aos seus pés
E consegue seja o que for
Eu não tenho mais que o desejo
De um dia ser seu amor

Paula Pimenta
5 compartilhamentos

Declare ao céu, ao tempo e ao vento...
Declare ao sol,ao mar e a areia...
Declare a lua ao dia e a noite...
Declare ao mundo, ao espaço e ao infinito...
Como simplesmente amar é o dom mais bonito.

Eliana Sidaco
7 compartilhamentos

Tal qual é a Amizade

Amizade
é tal qual beijo
dado pela Lua sem pejo
ao Céu,
dado pelo Sol ao Mar
ao léu.

Amizade
é tal qual sublime
perfume de cesta antiga
de vime,
perfume do que é seguro
e redime.

Amizade
é tal qual irmãos
da mesma mão,
do mesmo ser,
da mesma hora.
Aquele que chora
lhe faz saber.

Amizade
é tal qual um
que caminhou
não deixou pra depois,
encontrou um outro
e se tornou dois.
Tal qual toalha de mesa
que une diversas pontas
numa só grandeza.

Jacqueline Collodo Gomes
3 compartilhamentos

Tudo novo, de novo

Em noite estrelada
busca algo novo.
Encontra-se deslocado
ao olhar a lua
se lembra de uma música.
Esquece os prazeres de algo inovador
escritas são sua unica lembrança.
Tudo que passou, passou
A vida continua.
O céu se abre.
O sol se põe.
os pássaros cantam.
Por fim as estrelas continuam a brilhar
fazendo companhia ao luar.

Julia Caroline
3 compartilhamentos

Boa Noite...

E é madrugada...
Tudo dorme; até a lua,
Coberta pelas nuvens, pura...

Francismar Prestes Leal
3 compartilhamentos

Sou aquela que sonha acordada
Que nem dorme de madrugada
Com dó de abandonar a lua
Deixá-la solitária
Na grande escuridão da rua

Sou aquela que chora por tudo
Que tenta mudar o mundo
Com gritos de decepção
Que luta, grita
Que nunca aceita um não

Sou aquela que voa livre
Sobre a cidade de pedra
Que o sonho aprisionado
Busca escondido e liberta

Sou aquela que com um sorriso
Vai mudar o rumo da vida
Construir aquilo que não vejo
Mas que com força almejo
E sei que verei ainda

Patrícia Casavelha
3 compartilhamentos

Insignificância


Como tu és insignificante,

O sol não te ilumina,

A lua não te vê,

E a terra não te sente.

Quem és tu?

E você me diz: O homem.

Como tu és insignificante,

Do céu as aves não te vêem,

Da noite as estrelas não lhe tocam,

E da areia tu és um grão.

Quem és tu?

E você me diz: O homem.

Tudo que faz sua vida de nada vale se tudo o que
você não presta atenção é o que realmente faz
sua vida...

Marcos H. R. da Rosa
3 compartilhamentos