Poema Lua

Cerca de 4827 poema Lua

Eu escancarei a porta - ridiculamente ansiosa - e lá estava ele, meu milagre pessoal. Meus olhos acompanharam suas feições: o quadrado do queixo, a curva suave dos lábios cheios – agora retorcidos num sorriso -, a linha reta do nariz, o ângulo agudo das maças do rosto…
Deixei os olhos para o final, sabendo que, quando olhasse dentro deles, talvez perdesse o fio do pensamento. Eles eram grandes, calorosos como ouro líquido, e emoldurados por uma franja grossa de cílios escuros. Olhar seus olhos sempre fazia com que eu me sentisse extraordinária - como se meus ossos tivessem virado esponja. Eu também ficava um pouco tonta, mas isso devia ser porque eu me esquecia de respirar. De novo.

Stephenie Meyer - Lua Nova
16 compartilhamentos

E sim, para que você saiba, foi amor a primeira vista. Eu me apaixonei completamente e de forma irreversível por você. No momento em que te vi, soube que minha vida nunca mais seria a mesma.

Alyson Noel - Lua Azul
151 compartilhamentos

"E quando a máscara cai, a surpresa, não havia nada por baixo, só vazio, tudo ilusório, um ser fictício habitava ali."

Lua
158 compartilhamentos

Você poderia ser o Único e preferiu ser apenas mais um... Obrigado pela sua insignificancia...

Lua
21 compartilhamentos

Niguém vive isolado do mundo, mas existem momentos que a solidão é bem oportuna.

Lua
27 compartilhamentos

Lembrarei dos dias ruins, pois eles trazem a inspiração, o que antes era só dor, hoje move minha emoção.

Lua
13 compartilhamentos

" Até tento fazer certo, mas o errado é tão melhor. O erro é cativante."

Lua
3 compartilhamentos

Posso mudar o rumo da estrada, porém minhas companhias não serão as mesmas, nem as paisagens.

Lua
3 compartilhamentos

Lindo como o sol que nasce ao amanhecer
Seus raios são luz para o meu viver

Seu sorriso perfurou a minha razão
E me trouxe paz, vida, inspiração

Eu digo que estou triste
Vc vem e me abraça

Me cobre em seus braços
Como se tivesse asas

Olhos que me dizem serenas verdades
Garoto pé no chão, quero suá felicidade


Pois ver você sorrir é como o sol se abrir depois da tempestade (2x)

Coração estava escuro,
Uma luz forte e sincera o acendeu,
Me vi dentro do seu olhar, quando você apareceu

o perfume do seu amor ficou no ar e eu? respirei!
Ironia ou não do destino?
Haha, me apaixonei.


Mas não vivemos em um conto de fadas
De repente o tempo fechou,
Por mais que eu quisesse ver,
não via mais nada,
Só raios, trovoadas

As nuvens me escondiam
Como se fosse uma cortina
Foi aí que eu descobri
Que a lua não brilha sozinha


Pois ver você sorrir é como o sol se abrir depois da tempestade (2x)

Lua
2 compartilhamentos

Ooh minha boneca
Minha doce e colorida boneca
Suas cores não são mais as mesmas?
Se tornou um tanto faz?
Partiu o coração da boneca
DOCE e encantada boneca
Em seu mundo cor de rosa
Foi ficando preto derepente
Mas o q está havendo?
Que escuridão é essa entrando aqui
Aah minha doce boneca colorida
Parece que vc não é mais a mesma
Esta perdendo sua cor
Estava mesmo faltando um pouco de preto em você

Lua
Inserida por will_koyama

Quando a noite chega
Você não sai da minha cabeça
E a minha mente vai buscar
Eu quero estar onde vc está
Eu quero sentir o teu cheiro
Me acabar nos teus carinhos
Dormir no teu travesseiro
Eu quero te amar essa noite e pra sempre
E é tanta a falta que o teu corpo me faz
Eu te desejo mais
Eu te quero pra sempre
Não posso mais negar.

Lua
Inserida por lua

o amor é canção de ninar
é raio solar que aquece e da vida
é pés que se procuram a noite para entrelaçar
é inquietação enquanto não vê chegar

o amor é olhares sintonizados
é lábios molhados, cheirinhos no corpo
é se espremer até os dois caberem no chuveiro
tomar aquele bainho ligeiro
para ir despido até o ninho...

ele com sorriso grato e olhar brilhante:
minha preta sem pijama, seria um convite ao céu?
entre sensações diversas, ele a pega no colo e ao sentir seu cheiro de flor, suspira e diz: minha pequena preciosidade, me de suas mãos, vou te cultivar, vê-la desabrochar...

ela sorriso bobo de corpo bobo se entrega:
quando me encaixo no seu peito, sinto segurança pode cair o mundo lá fora, estou protegida, meu abrigo, não vejo minha alma em outro lugar
há tanto espaço no mundo, mas é aqui, no seus braços que quero habitar, meu lar.

o amor é cochilar sossegado
nos corpos que viram colchão
é simplicidade de domingo à tarde

o amor é o que fica
mesmo quando se vão as estações
é viver para compartilhar
é ser livre, mas querer estar
é sair sozinho e continuar junto

o amor é motivo para acordar
trabalhar, algumas contas pra pagar
angústias para dividir,
choros para derramar
mãos para dar ao caminhar
é palavra de esperança
que faz continuar

o amor é todo o sentir
a se vivenciar a dois
é o que dá a vida um sentido
o amor é o que interessa
é carinho sem pressa

o amor é cumplicidade
empatia e humildade
juntos superando as dificuldades
quebrando barreiras e construindo a única ponte indestrutível,

o amor é,
o que transborda quando Giovanna é Junior estão juntos.

Lua
Inserida por luaschimidt
1 compartilhamento

menina de inocência perigosa,
que acalma e bagunça, aquece e esfria...
se aproxima com distância, vezes parece tão perto, mas não é tocada
que sente, confunde, esconde e demonstra, embaralha... se perde sem querer e querendo, encontra-se onde não se acha....
não se acha solução, sempre há indagação,
desejos, devaneios, divergências, divagações
propostas indecentes da mente
pecados imaginários
vives sempre se posicionando aos braços de amores fantasiados
sorrisos que convida
paixões ilusórias
atrações misteriosas
não aquieta, mas é quieta que ela caça os olhos alheios
não se prende, nem se possui
menina perigosamente inocente,
mal sabe do poder que tem quando joga o cabelo, ou sabe e por isso assim faz
suga as essências, provoca sentimentos
penetra no olhar, vira e vai embora
diz que não pode ficar
que a lua chama e ela tem que ir pra rua

Lua
Inserida por luaschimidt

os pingos caindo sobre o vidro do ônibus
me lembra os que caem do meu coração que feito de algodão absorve até que encharcam e se derramam,
dias de nuvens cinzas e molhadas,
parecem refletir o meu tempo interior para o exterior,
enquanto a água escorre minuciosamente meus olhos cheios de devaneios, percepções acompanham meus suspiros de "ahhh, se eu pudesse..."

Lua
Inserida por luaschimidt

Me sinto estranhamente perdida no universo, buscando incansavelmente meus pedaços nessas partículas despedaçadas e arremessadas ao vento, aonde é que eu fui parar? O eu que me compõe, abastece minha alma quase descarregada, faltando pouco a desligar a bateria.
Das coisas que digo sobre a coragem, às vezes eu mesma me esqueço e quando vejo outro dia acabou, e eu fiquei aqui, aqui que quero dizer é ai, ali, em qualquer lugar. Vejo que luto, claro, meus olhos veem a noite ir embora, o dia amanhecer, eu faço alguma coisa pra mudar o rumo, mas parece não ser suficiente, alienação tamanha que suga as energias, como posso pensar que tudo que fiz não é nada? Se cada dia foi um dia único que tive para fazer e acontecer coisas que raramente serão revividas. "Nada do que foi será de novo, do jeito que já foi um dia..." Talvez a minha força de vontade levou muito a sério essa trecho, mas eu ainda quero, e ainda que tropeçando, vou indo...
A muito pelo que ser grato, porém, há tanto do que se entristecer, e a guerra é travada, mas vejo que ainda to indo, indo pra onde no fundo eu ainda enxergue luz. Eu sei que não é vão as minhas caminhadas, desde o abrir do meus olhos até o fechar deles.

Lua
Inserida por luaschimidt
1 compartilhamento

Anda sem rumo, eira nem beira, senta em qualquer roda de fogueira e nem vê a o tempo passar, cumpre os horários, um tanto se limita por em alguma dia ter de se enquadrar na rotina...
Acorda antes do dia clarear e ver o sol nascer é o que faz despertar em nela que mais uma vez la esta de pé, correndo atrás dos ganhos, lidando com as perdas, sofrendo a dor do mundo como se fosse sua, e lá dentro dos olhos da menina Lua quando refletem as cores do céu matutino ali habita a esperança, onde mora os sonhos que correm dentro dela, enquanto esta esmagada em algum quanto do ônibus junto de muitas outras pessoas que sonham, ou que nem isso mais fazem, apenas sobrevivem, aceitam e fazem, esqueceram até o seu próprio nome, o que gostam, e sentem
- o que você faz nas horas vagas? (Ela se indaga)
- horas vagas? O que é isso? A hora que estou transitando até o trabalho (que enche minha barriga e me veste) do trabalho pra escola (onde me esforço pra pra estudar o que não em vou usar, pois dizem ter ordem e progresso, mas eles mentem. Há vestibular) da escola pra cama, da cama um pisco e já vem: acorda menina, mas não deixe os sonhos dormindo, os carregue, ainda que sufocados, não os deixe apenas para a hora de dormir, é acordando que se realiza, mas se não dormir, não vai existir tempo para sonhar, por isso, dorme agora, é só um vento lá fora.

Lua
Inserida por luaschimidt
1 compartilhamento

Não espere nada de mim,
além do meu amor...
Mas saiba, que ao te dar o meu amor,
te dou tudo o que tenho.

Lua
Inserida por Siby
1 compartilhamento

O mais difícil você já tem, a vida!
Viva como as flores,
perfume o seu ambiente,
embeleze com a sua presença,
e com a sua humildade,
o seu lugar de trabalho, de permanência.
Faça desabrochar um sorriso meigo
no seu rosto, sorria para o sol,
que te aquece e anima diariamente,
assim como as flores, que já desabrocham
agradecendo aos sol pelo fascínio da vida.
Quando falar, fale só o necessário,
as flores não falam, por essa razão,
nunca são reprimidas.
Se no seu caminho encontrar pedras,
não as maltrate, no meio delas
pode estar nascendo uma linda e cativante flor.
Tenha sempre a nobreza e a simplicidade delas,
não importa a sua origem, o que importa
é o desabrochar da sua mente.
Viva como as flores, deixe o vento roçar
o seu rosto e espalhar a sua simplicidade
por onde você passar.

Lua
Inserida por luaschimidt

ESSÊNCIA
Esther Ribeiro Gomes

‘Sempre fica um pouco de perfume,
nas mãos que oferecem flores...’
(Provérbio chinês)

Enquanto o sono não vem,
vou alinhavando versos,
dispersos em meu pensamento,
que chegam sussurrados pelo vento...

Nesta vida sou incansável aprendiz,
lapidei minh’alma nos tropeços
e foram tantos, tantos recomeços,
que pensei nunca aprender a ser feliz!

Ao observar as flores do jardim,
elas me ensinaram a ser perseverante,
apesar das intempéries, crescem viçosas,
trazendo alegria para mim!

Depois de cuidá-las com carinho,
percebi como são agradecidas,
florescem em qualquer cantinho,
colorindo e perfumando a vida!

Agora sei, decorei bem a lição,
a essência do viver é o amor,
que se doa e se sublima no perdão,
é aspergir doce perfume por onde for,
é ser feliz ao alegrar um coração!

Lua
Inserida por luaschimidt

Sou flor menina... faceira,
Pétalas brancas ao vento,
Mosaico da vida inteira,
Fragrância de pensamento!
Você é a melhor intenção
você é...
Como eu diria,
Mosaico da vida inteira,
Em miniaturas vividas,
Fragrância de pensamento,
Flores ao vento

e quem mais diria de você
se não antes sorrisse?

Há inúmeros enigmas, quieta, sóbria menina, uma mulher, toda faceira

Melhor companheira


Você é mistério,
Sempre há algo a descobrir,
vivendo sem parar,
você nos da paz
com apenas um olhar.


Quem é esse espelho do sol?
Quem é esse jeito meigo
quem é?
Até seu nome
sem acaso te faz amada.

Não só uma menininha escondida
ela sabe mais,
ela é corajosa, ela é,
Luna Graciosa

Lua
Inserida por luaschimidt