Poema Louco Insanidade Doido

Cerca de 3211 poema Louco Insanidade Doido

viver é muito doído
é uma entrega de vida
um cortejo
que se chama esperança.

Roberto Auad
Inserida por robertoauad

Quando saiu da minha vida, você deixou doído meu coração, não pelo fato de ser doido por você, mas por ter doído lhe perder.
A dor de um coração doído nos deixa doido em meio a solidão
sem citar na angústia que é vagar na multidão.

Alexandre Leonardo
Inserida por Alexandre13

Hoje eu cheguei em casa doido pra Daçar e eu com meus amigos falei vamos fazer uma festa chama a tais , o Ricardo , a Ivete para nos fazer minha festa e agora nos vamos chamar o Eduardo parceiro da dança e agora começa a festa.
Uma alegria contagiante no ar As luzes coloridas, a brilhar Uma música da moda a tocar Todos animados, a dança Pelo jeito ninguém quer parar Esse momento mágico, querem aproveitar
Ruim é saber que isso uma hora vai acabar
A magia vai cessar A música vai se calar A luz vai desligar
O sol vai raiar O sol vai raiar
Um dia normal vai começar!

brunnoeduardo
Inserida por brunnoeduardolucas15

Sonhos...

Sonhos não acabam, sonhos recomeçam e é doido pois não se aceita de maneira nenhuma ficar a beira do caminho sem tentar outra vez. A cada passo que damos em nossa caminhada está embutido a fé que disfarçadamente damos o nome de sonho.

Nilton Mendonça
Inserida por dalainilton

“Quando você esta perto de mim , eu corro feito doido,
fico ofegante, cansado e transpiro o tempo inteiro.
Te Amo minha bola de futebol..”

Pablo Willian de Carvalho
Inserida por PabloWillian

POEMA SEM COMANDO
Tem um barulho doido dentro do meu ouvido. Dissonante.
Ressoando toda uma confusão de cartas outrora já marcadas.
Não sei se é o ampl de guitarra ou as minhas cordas vocais, adulteradas.
Não sei.
Aliás, saber é algo que deveria passar pelos ouvidos. Olvido. Esqueço.
Álias, lembrar é papo pra outra sessão de análise.

Estou literária
minha mente
suspensa.

tô nessa de deixar fluir no papel
abstrato
o que tratei desde a cura
há tempos
remediada.

eu medeio sem medida o tédio das distorções, em mais sílabas, acredita?
eu leio, eu laço a palavra a gerar sinônimos de desentendimento,

e você?
me entende?

sei lá
o que há
aqui
talvez o vazio
amortecido
do que já vivi
lívido
e decapitado
descrito com letras duplicas e maiúsculas.

pequena
eu.

e um mundo inteiro de esperanças
parado
no ponteiro exato
quem sabe
um dia...
amanhã?

não.
a negação presentifica o desejo de existir
paradoxal
é o nada...
nada consta
em teus olhos
só há espaços.

eis o sábio parágrafo repetido pela minha própria ignorância
em manusear a palavra com cuidado
palavra dada
gera dados
e estes,
- enfim -
demandam
fatos.

e eu
desmando
- o tal malandro -

Nem eu
nem você...

Naty Parreiras
Inserida por natyparreiras
1 compartilhamento

Eu todo doído. Minha vida tá toda errada. Bodes em vários níveis, às vezes me sinto bombardeado de — sei lá o quê: em casa, no trabalho, afetivamente, financeiramente. Poucas vezes a barra esteve tão pesada. No país, é isso que você vê. Cada vez pior. Ai, Emediato, pra onde a gente tá indo?

Carta a Luiz Fernando Emediato

Caio Fernando Abreu
Inserida por carlinharios

Esse povo esta doido mesmo:
-'Parem de cuidar da minha vida'
5 minutos depois...
-Vai gente, perguntem no Ask.fm.

Lanna Okuma
Inserida por lannaokuma

Su...n.ê.to d.e.y...

Cara de Anjo, sofrido, mui doído;
Olhar cândido, meigo, triste e doce;
Buscando a sua luz, como se fosse;
À procura de um sonho, prometido;

A alvura lhe denota, a perfeição;
Ilusão do surreal, a procura;
Teimosa, de audácia e de candura;
Do seu risonho, tristonho coração;

Aventura, lhe acena com senão;
Lhe põe dia após dia a mesma mesa;
Sonhos seus, devastados pitorescos;

Do ar livre que lhe invade o pulmão;
Descarta a crueldade da incerteza;
Seus sonhos de criança principescos.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Meio eu, um pouco de mim é assim, doido, bebado, bobo, romântico, e chorão.
Um pouco assim sem neuras, sem bera, com temperos de vida, e assopros de astucias.
Meio eu assim.....meio louco enfim..

Luiszui
Inserida por Luiszui

A vida é tão dura, bate tão doído a fim de te levar ao chão, e colocar você para baixo e às vezes no fundo do poço.
O mundo é o recipiente pertencente da vida.
Para você crescer tem que estar preparado para apanhar da vida e disposto a recomeçar.

Paulo Siqueira
Inserida por Hadar

MÚSICA

Eu Quero fazer uma música
Daquilo que tem doído
E que eu me lembre de tudo
Como lembro o teu sorriso.

Que a tua boca me prove
Na vida o que mais preciso
Que minha boca te sorve
Toco no teu paraíso.

Em mim pouco, mas comove
Muito já tão esquecido
Tudo o que pranteio escorre
Em rios E tenho descido.

Como garranchos e escoras
De cercados decaídos
E esta letra que chora
Lembrando-te, enternecido.

Quero que essa música toque
Em tudo que tem perdido
Eu quero que te retoques
A maquiagem mexida.

Que te olvides se choras
Porque o que bebo é só isto
E tenho tomado porres
De amargos tão esquisitos
Tenho lembrado piores
Estações já despedidas.
_________________
naeno*comreservas

Naeno Rocha
Inserida por naenorocha

Às Vezes

Às vezes fico tão triste, que ninguém me entende;
Às vezes é tão doído, que nada é contente;
Às vezes machuca tanto, que queria mudar o passado;
Às vezes penso em tudo que eu fiz de errado.

Às vezes não entendo, o que há com meu sentimento;
Às vezes reflito, que tudo não passa de um momento;
Às vezes quero saber o que há com a gente;
Às vezes quero só você, e você não aprende.

De Angeli
Inserida por caiovitor

Hoje bate apertado
Bate doido
Bate ferido
Bate gemido
Ho máquina que bombeia
Como estas cansada.

JanJane
Inserida por JAMBASSI

A morte é inquestionável.
É o fim. Um ponto doido
Sem definição. A morte
Do amor é dúbia. É o fim,
Ou quase fim em vida.
É o saber da existência
E morrer de saudades
É uma dor existencial.
É saber o que fazer para
Estancar essa dor que
Quase mata. É uma quase
Eutanásia assistida. É
Viver entre o ponto final
E alguns pontos a mais,
Reatando laços rompidos.
É respirar por aparelhos,
Na ânsia do próximo
Suspiro. É adiar o inevitável,
À espera de um milagre.

Leandro M. Cortes
Inserida por leandromacielcortes

Ui , como dói martelada na unha
Como é doído bater de cara no chão
Virar o pé , destroncar o dedo , ai como dói
Pedra no rim, dente estragado , dor ouvido , ui
Mas dói como dói a vontade de ter você aqui comigo
Desejo e saudade do tempo que já foi , como dói...

Jeremias Edson Cardoso.
Inserida por Jherecardoso

Ignore, é só solidão
Não ignore o meu peito
deslumbrado feito doido
amarrado
ao teu
E teu sorriso
de menina
transborda
minha falha rotina
de fumar sem companhia
em noites
e tardes frias
Fica
ajeitei teu banco
sem pernas
mas com os prantos
de juras eternas
de mudas conversas.
E se eu disser que
to entregue?
E que a doce solidão
não tem graça
nem disfarça
se for outra mulher?
Teus lábios
resmungaram as palavras
que vibram no mesmo tom
das notas
que saem do meu coração.
Chegue mais perto
sente mais certo
que eu não desaponto, não
só desaponto o lápis
das poesias
que te escrevi
e o sonho
da lápide
com o epitáfio agradecendo a ti.
Fica
não tens obrigação
mas fica
aqui é sem graça
se não fica
Bucólico
aos teus encantos
melancólico
em todo canto
sou eu
a parte que foi minha
mas que agora é linha
pras frases de Romeu

Kevin Martins
Inserida por kevinmartins6

Perturba
Meus sentidos
Teu olhar magoado
Doído
Silêncio,
É complicado aceitar
Estranho,
Sinto que suas palavras
Não vem da alma
Peito
Dói mais,
Coração chora
Sangra
Resta-nos
Dar ao tempo
Tempo,
Pra esquecer de nós.

Leônia Teixeira
Inserida por LeoniaTeixeira

O sofrimento mais doído
é aquele que antecipamos
através de nossos temores e
do futuro que imaginamos infeliz.
Ora... vivamos o presente
como ele se apresenta...
Para que se preocupar
com o desconhecido?
e deixar de usufruir
o que temos nas mãos?

Cika Parolin 12 de fevereiro de 2013
Inserida por CikaParolin

Doido apaixonado.
Gostaria muito de gritar ao mundo o que sinto por você.
Mas é inexplicável dizer.
Prefiro mergulhar-me em seus abraços e afogar em seus beijos.

Ana Carla Ferreira. https:m.facebook.comannacarlaferrefbookmarks
Inserida por senhoritacarlla