Eduarda Oliveira

Encontrados 17 pensamentos de Eduarda Oliveira

Decepção

Não mata,
ensina
a viver.

Eduarda Oliveira
567 compartilhamentos

Saudades do que não vi...
...mas
tudo que é jogado com carinho para o Universo, volta. De alguma forma, de algum jeito especial.

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Ah, o amor!
Você que me liberta, me atinge, me aprisiona
em seus braços de Milo, de Rio, de praia...

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Quando gostamos realmente de alguém
Sabe o que é mais importante?
Não é bem o que essa pessoa diz
o que ela faz, nem o que ela tem
não é o jeito que te chama,
não é o tempo que você a conhece...
...o mais importante mesmo, quando se gosta de alguém,
é o tamanho do sorriso que ela te CAUSA!

Eduarda Oliveira

Saudade é coisa
que dá e passa
Saudade dá...
até que passa
Dadireito que fica
Dadinovo que passa.

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

UFA!
O fim do mundo tão comentado não aconteceu. Não caiu meteoro, não teve tsunami, não houve catástrofe alguma. Continuamos a caminhar em cima do nosso planeta azul, orbitando o astro rei lindamente. Não acreditei que o apocalipse fosse chegar num dia marcado, ou que o fabuloso calendário maia significasse o fim. Mas confesso que pensar que poderia não haver um amanhã me fez sentir maior a vida.
Porém, o que me levou a escrever sobre o assunto não foi o famigerado fim do mundo. Foi uma frase que ouvi se repetir em muitas bocas: "O mundo está mesmo muito ruim. É BOM QUE SE ACABE MESMO." Claro que com algumas variações. Mas essa era a máxima proferida.
Nossa! Que triste isso! Aprendi em toda a minha vida, ou por herança bendita de mãe ou por uma lógica de observação e conclusão, que a fé é algo que não nos deve faltar. Nem essa, nem a sua irmã gêmea: a esperança. Faltou uma, sumiu a outra e não se vê mais sentido na vida. Assim, fazendo pingente e tatuagem das gêmeas valiosas, digo enfaticamente que não quero que se acabe. Nem o mundo, nem o meu mundo. E muito menos minha fé. Não quero deixar de ver beleza nas pequenas coisas. Ou de encarar as adversidades como um aprendizado. E não se trata de síndrome de Poliana ou coisa assim. É só um modo melhor de ver a vida, de não deixar de sentir a vida, porque, na verdade, o mundo acaba mesmo é para quem perde a fé.
Durante todo o dia de hoje pensei que não quero mais perder a fé. Não posso! E sabe por qual motivo? Simplesmente porque viver é bom. Aliás não. Viver não é só bom. Viver é foda!

Eduarda. 21/12/2012

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy
1 compartilhamento

Que as estrelas se inflamem também de amor.

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

E você olha os bilhetes antigos
tem tanta bobagem, tanta indireta
tanto tempo perdido

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

O querer louco pela boca
intensa insanidade
por um amor em vão
O delírio do desejo desmedido
fora da cota da razão
E esse devaneio é fácil,
tem nome
paixão

(entre um suspiro e um desejo)

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Se o amor dói?
Sim, dói
Se foi feito pra fazer
te coração enlouquecer
qualquer verso,
um acesso, um distúrbio
um dilúvio, um desassossego
tanto apego

Se o amor dói?
Sim, corrói
Se te enlua, te eleva, te leva
pros braços, pro laço
do amado
que longe, se esconde

Se chama, não ouve
ferida sofrida
que não cicatriza
enraíza...
te chama
te queima,
te inflama

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Se o amor dói?
Não, não dói
Não foi feito de pra doer
foi feito pra sentir, pra viver, pra sorrir

Se o amor dói?
Não, não dói
Se te enlua, eleva, se é chama
se encanta, te lança
pra longe
pros braços
do amado

E ainda que se esconda
Se é chama, se é ferida
cicatriza
enraiza, te salva
te chama

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Você pode até amar o Vento
e ele pode te levar delirante
para as mais loucas alturas
mas saiba que se é o Vento
se é a ele que você ama
ao vento não se prende
O Vento não se pode prender

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

A maior riqueza do mundo é ter um bom coração. O cultivo é doce e sempre dá bons frutos

Eduarda Oliveira

Como esquecer um Guilherme
Deixe de pensar nos olhos dele...no sorriso infantil e na gargalhada que ele dava quando você falava uma bobagem.
Deixe de escutar qualquer música
Deixe de olhar as estrelas
Deixe de ver o mar...

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Como esquecer um amor
Esqueça seu coração em uma estrada
em uma encruzilhada em t,
em todo o alfabeto;
Não escute Stevie Wonder;
Não sorria quando lembrar dele.
E nunca, nunca reze para esquecê-lo. Assim, toda vez que pedir aos céus para não lembrar mais, estará mais ainda nele.

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

Ele ainda está aqui comigo. Lembrar ele é como abrir um portal no espaço-tempo e orbitar nas lembranças eternas de seu beijos. Ainda que eu vivesse mais cem anos, ou milênios. O amor de verdade é mesmo eterno, terno, tolo, atemporal. Ele vive ainda aqui, com sua camisa macia, meus braços segurando suas costas...meu cabelo voando ao vento como a calda de um cometa em chamas. O cheiro dele...

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaolivy

As vezes é preciso perder para dar valor...
Chorar para aprender amar..
Confiar para se entregar...
Ouvir para nunca gritar...
Todos irão sofrer um dia,para saber o verdadeiro sentido da felicidade..
Portanto se sentir saudade PROCURE..
Se sentir vontade FAÇA..
Se sentir medo LUTE..
Se perder ESQUEÇA...
Portanto viva,e lembre se que nunca e tarde para recomeçar e ser feliz.
Porque DEUS esta sempre do seu lado.

Eduarda Oliveira
Inserida por eduardaleaooliveira