Frases de John Steinbeck

Cerca de 24 frases de John Steinbeck

De todos os animais da criação
o homem é o único que
bebe sem ter sede
come sem ter fome
e fala sem nada dizer

Parece-me que se você ou eu devemos escolher entre dois cursos: o pensamento ou a ação, devemos lembrar-nos de nossa morte e a tentativa assim para viver que ela não traga nenhum prazer ao mundo.

Pela grossura da camada de pó que cobre a lombada dos livros de uma biblioteca pública pode medir-se a cultura de um povo.

Parece para mim que se você e eu temos que escolher entre duas maneiras de pensar e agir, nós devemos lembrar que vamos morrer e tentar viver de forma que a nossa morte não traga nenhum prazer para o mundo.

Todas as coisas grandes e preciosas são solitárias.

Eu a amo, e isso é peculiar porque ela é tudo que eu odeio em todas as outras pessoas.

John Steinbeck

Nota: John Steinbeck, O Inverno do Nosso Descontentamento (The Winter of Our Discontent)

Quando uma luz se apaga, fica mais escuro do que se ela jamais tivesse brilhado.

Qualquer coisa que custa apenas dinheiro é barata.

De todos os animais da criação, o homem é o único que bebe sem ter sede, come sem ter fome e fala sem ter nada que dizer.

Um escritor deve acreditar que o que está a fazer é o mais importante do mundo. E deve apegar-se a esta ilusão, ainda que saiba que não é verdade.

Escrever, para mim, é uma função profundamente pessoal, secreta mesmo, e quando o produto é liberado ele separa-se de mim e não tenho mais sensação de que é meu. É como uma mulher tentando recordar como é o parto. Ela não consegue.

"O propósito da luta é vencer. Não há vitória possível na defesa. A espada é mais importante que o escudo e a habilidade é mais importante do que qualquer um dos dois. A arma final é o cérebro. Tudo o mais é suplementar."

Inserida por vilmar_volek

Tente entender os homens. Se vocês se entenderem um ao outro, serão gentis um com o outro. Conhecer bem um homem nunca leva ao ódio e quase sempre leva ao amor.

Inserida por pensador

"A arma final é o espírito humano, todo o resto é apenas acessório".

Inserida por vilmar_volek

Conseguimos encontrar tantas dores quando a chuva cai...

Inserida por Megurine

Talvez todas as pessoas nesse mundo maldito estejam com medo umas das outras.

Inserida por pensador

— Não, nós não podemos nos fiar nisso. O banco, esse monstro, tem que receber logo o seu dinheiro. Não pode esperar mais; senão, morre. Não, os juros não param de subir. Quando o monstro para de crescer, morre. O monstro não pode ficar sempre do mesmo tamanho.

Inserida por Filigranas

— Que vamos fazer? A gente não pode contentar com uma parte menor ainda das safras. Estamos na miséria. As crianças tão sempre com fome. Não temos roupas, só farrapos. Se toda a vizinhança também não fosse assim, a gente teria até vergonha de ir à missa.
(As Vinhas da Ira)

Inserida por Filigranas

⁠O poder não corrompe. O medo corrompe... talvez o medo de perder o poder.

John Steinbeck
The Short Reign of Pippin IV (1957).
Inserida por Farinazzo01

Toda guerra é um sintoma do fracasso do homem como um animal pensante.

Inserida por pensador