Coleção pessoal de Filigranas

1 - 20 do total de 363 pensamentos na coleção de Filigranas

Sim, não morrerás! Na terra viverás pelo teu gênio, na memória da tua gente e, porque foste justo e meigo, honesto e piedoso, viverás no céu, no coração de Deus”.

(de um discurso de Coelho Neto homenageando Olavo Bilac, na comemoração do 3º ano de sua morte)

Coelho Neto
2 compartilhamentos
Tags: gênio memória

O anonimato combina o prazer da vilania com a virtude da discrição.

Carlos Drummond de Andrade
1 compartilhamento
Tags: anonimato prazer

O animal de circo faz prodígios que o domador, se fosse animal, seria incapaz de executar.

Carlos Drummond de Andrade
1 compartilhamento

O animal não aprende nossas virtudes, se as tivermos, porém adquire nossos vícios. O animal costuma compreender mais e melhor a nossa linguagem do que nós a deles. Não se sabe por que os irracionais falam tão pouco, e os racionais tanto.

Carlos Drummond de Andrade
1 compartilhamento

A superioridade do animal sobre o homem está, entre outras coisas, na discrição com que sofre.

Carlos Drummond de Andrade
1 compartilhamento
Tags: superioridade animal

É preciso regar as flores sobre o jazigo de amizades extintas.

Carlos Drummond de Andrade
2 compartilhamentos

Eu pertenço à raça daqueles benditos ou malditos que precisam conhecer melhor os recursos de sua consciência para viver. l

Samuel Rawet
1 compartilhamento

Deixemos as mulheres bonitas aos homens sem imaginação.

Marcel Proust
892 compartilhamentos

Envelheçamos como as árvores fortes envelhecem.

Olavo Bilac
1 compartilhamento
Tags: envelhecer árvore

Onde aparece o ouro, o terrível ouro, imediatamente os homens em redor se entreolham com rancor e levam as mãos às facas”.

Eça de Queiroz
3 compartilhamentos

Onde aparece o ouro, o terrível ouro, imediatamente os homens em redor se entreolham com rancor e levam as mãos às facas”.

Eça de Queiroz
1 compartilhamento

A curiosidade, instinto de complexidade infinita, leva por um lado a escutar às portas e por outro, a descobrir a América.

Eça de Queiroz
2 compartilhamentos
Tags: curiosidade instinto

Para quem vive exclusivamente entre o metal, no cuidado do metal, e que por isso se metalizou, a perda do metal é a única dor verdadeira.

Eça de Queiroz
4 compartilhamentos
Tags: exclusivo metal

A ciência é uma grande montanha de açúcar; dessa montanha só conseguimos retirar insignificantes pedacinhos.

Malba Tahan
1 compartilhamento
Tags: ciência montanha

Quanto maior o nome, maior o afluxo de sedimentos ignóbeis, que cuidam poluí-lo, e se afundam, borbotando, no esgoto.

Rui Barbosa
1 compartilhamento

Atrás da anonímia se alaparda a covardia, se agacha o enredo, se ancora a mentira, se acaçapa a subserviência, se a arrasta a venalidade”.

Rui Barbosa
3 compartilhamentos
Tags: covardia enredo

Na guerra os meus dedos disparam mil mortes”.

Junqueira Freire
1 compartilhamento

O major trazia sobre si o peso de 60 janeiros”.

Monteiro Lobato
1 compartilhamento

“Vendo em torno de mim mãos que davam esmolas”.

Olegário Mariano
1 compartilhamento

" --- Tenho ramos de arruda; urtigas; água benta; / uma infusão que cura a espinhela e a maleita; / figas para evitar tudo que é coisa feita... / Com uma agulha e um cabelo, enroscado a capricho, à mulher sem amor faço criar rabicho. / Olho um rastro; depois de rezar um bocado, vou direitinho atrás do cavalo roubado. / Com uma erva que sei, eu faço de repente, do caiçara mais mole, um caboclo valente! / Dize, Juca Mulato, o mal que te tortura". (feiticeiro) ("Juca Mulato")

Menotti Del Picchia
1 compartilhamento