Frases de Caio Fernando Abreu de Amor

Cerca de 252 frases de Caio Fernando Abreu de Amor

Se não fosse amor não haveria saudade, nem o meu pensamento o tempo todo em você.

Caio Fernando Abreu

- Plâncton, ele disse, é um bicho que brilha quando faz amor. E brilhamos.

Caio Fernando Abreu

Gosto das tuas notícias e do teu feeling. O amor tá solto no ar de setembro e já vimos tanta coisa e já sabemos de tantas. Ando cheio de fé.

Caio Fernando Abreu
Inserida por usuario507722

E lá vem você me olhar apaixonado.

Caio Fernando Abreu
Inserida por vanesaa

A diferença do amor e do ódio é que o ódio cresce proporcionalmente em relação à inveja e ao orgulho enquanto o amor, coitado! É uma simples constante invariável.

Caio Santana Abreu
Inserida por kaioabreu

E eu estava só começando a entrar num estado de amor por você. Mas não me permiti, não te permiti, não nos permiti.

Caio Fernando Abreu
Inserida por biancavasconcelos

Nos dias seguintes ao dia em que estivera deitada no ombro dele tão proximamente nu também, no fundo de um sonho, conseguia reencontrá-lo. Pois havia outros detalhes, semanas depois ainda tentava lembrar. Havia um cheiro, por exemplo. Tênue, quase perverso. Intimidade úmida, limpa, nas dobras da carne suada, preservada na própria pele.

Caio Fernando Abreu
85 compartilhamentos

Sou apaixonado por abraços. Não resisto a segurança de abraços fortes, sinceros que me envolvem e sinto como se um choque de esperança me fizesse ver as coisas de outra maneira. Então, poupe-se de procurar palavras pra me agradar, de algo que me faça sorrir e me sentir melhor... Apenas me abrace, e me segure bem forte.

Caio Fernando Abreu
24 compartilhamentos

Se tiver aprendido lições (amor é pedagógico?), até aproveito e não faço tanta besteira. Mas acho que amor não é cursinho pré-vestibular. Ninguém encontra seu nome no listão dos aprovados. A gente só fica assim. Parado olhando a medida do Bonfim no pulso esquerdo, lado do coração e pensando, pois é, vejam só, não me valeu.

Caio Fernando Abreu

Preciso dessa emoção que os antigos chamavam de amor, quando sexo não era morte e as pessoas não tinham medo disso que fazia a gente dissolver o próprio ego no ego do outro.

Caio Fernando Abreu
Inserida por alines2
1 compartilhamento

E é porque é, e é desse jeito, e é mesmo, e é porque é mesmo.

Caio Fernando Abreu

Preciso dessa emoção que os antigos chamavam de amor, quando sexo não era morte e as pessoas não tinham medo disso que fazia a gente dissolver o próprio ego no ego do outro e misturar coxas e espíritos no fundo do outro-você, outro-espelho, outro-igual-sedento-de-não-solidão, bicho carente, tigre e lótus.

Caio Fernando Abreu
3 compartilhamentos