Rayane Castro Calcabrini: Um nervosismo, uns passos apertados sem...

Um nervosismo, uns passos apertados sem olhar pra frente..
As horas pareciam voar, isso tornou meu dia hoje diferente..
E a cabeça? Bom estava pensando na gente.
Quero saber quando vou parar com essa minha mania de fantasiar, sei o quanto posso sofrer só em recordar..
e a distancia, a saudade... eu já nem sei explicar.
Tu sempre admirou minha forma de escrever, e olha só nem sei como questionar nada e nem falar..
A verdade é que dentro de mim, tem um coração bobo, capaz de amar outra vez, de se entregar outra vez..
de continuar sendo seu, por que isso nunca mudou.
As minhas brincadeiras com palavras nunca, foi exatamente, um mérito no qual eu me orgulharia.. pois até pra isso, eu dependo de você para me inspirar..
Acendo um cigarro, sei que vou me arrepender.. Mais eu não podia trabalhar com esse nervosismo de nunca me entender..
Ando assim comigo, meio desleixada, atrasada..sempre ocupada.. não consigo me cuidar...não quero.
E quando me vem o sossego, passa alguém com teu cheiro.. Droga, como não iria lembrar.
Então sorri de repente, me senti um pouco indiferente, no meio desse monte de gente, que passava e nem se quer me olhava... mas me senti bem assim, não quero nenhuma atenção extrema em cima de mim...Só se for do seu olhar!
Por que ele é a unica razão de me fazer rir, quando ainda.. subitamente eu me deixo recordar.!

1 compartilhamento
Inserida por RayaneC