Eduarda Cristina: Besta, eu ainda me lembro de quando a...

Besta, eu ainda me lembro de quando a gente brigava. De quando a gente fazia promessas meio que impossíveis tipo ‘nunca mais vamos brigar’ e rompíamos essa promessa meia hora depois, lembro que a gente chorava depois que brigava, sei lá doía só o fato de pensar que eu tinha te magoado. Lembro que eu sempre dizia ‘te odeio’ em vez de ‘te amo’.. lembra da gente cantando, dançando? Lembra que eu me estressava com você à todo o tempo? É porque eu achava você melhor que eu. Lembra dos nossos segredos. Meu cara, eram tão simples, tão inocentes.. tipo: quem deixou os brinquedos desarrumados, quebrou o copo, começou a briga. Lembro que eu sempre colocava a culpa em você, acho que era pelo fato de você ser mais velha e eu queria ser mais velha. Lembra do que a gente aprontava? Daquela vez que fizemos aquele menino comer terra? Foi hilario, mas depois queriam fazer a gente comer terra também mas eu sai correndo. Lembra das tardes tomando tererê? Dos nossos amigos? Do nosso grupo? Das nossas risadas? Das idiotices? Eu me lembro. Eu pensava que te odiava, é sério. Todos te preferiam, e nada de mim. Você também tinha um pouco de raiva, porque eu tinha mais atenção dos avós e tál. Lembro do dia que você veio morar com a gente por um tempo porque o clima na sua casa tava tenso. Lembra de quando você me assustava? Dos filmes de terror? Das maquiagens sombrias? Daquela boneca que a gente jogou em baixo da casa, só de medo? Lembra quando eu chorei falando que ia morrer porque uma formiga envenenada tinha me picado? Lembra do meu ciúme quando você ficava 1213456 horas no celular com seu namorado? Quando saía com ele e me deixava? Me abandonava? Lembra da tua felicidade quando eu comecei engatinhar? Pois é isso eu não lembro haha. Tipo, mas tem um pacto que a gente não quebrou (de tantos pactos sobrou um né -q), e espero que não quebremos. Lembra do pacto, daquele.. de sermos amigas para sempre? Daquele que você chorou falando? Lembra? Pois é, eu lembro. Lembro que a mais de 14 anos que você me atura. Á mais de 14 anos que eu te amo, à mais de 14 anos que surgiu essa amizade. Eu sinto falta dos segredos mais simples. De quanto eu não sofria, de quando eu não tinha segredos. Mas, fazer o que né. Então, hoje eu lembrei de tudo isso e muito mais que eu não vou escrever aqui. Você também lembra de tudo isso? Só mais uma coisa. Quero que lembre pra sempre que tu é a melhor amiga, prima, irmã.. do mundo e eu te amo pra sempre.

1 compartilhamento
Inserida por eduardacfp