Marinho Guzman: Sigam o dinheiro. Para a oposição no...

Sigam o dinheiro.
Para a oposição no Guarujá, é mais importante saber de onde veio o tiro do que socorrer o ferido, usando uma metáfora em voga.
Misturam problemas da cidade que não são responsabilidade da atual administração, com problemas que a atual administração não pode resolver num passe de mágica.
Ao desperdiçarem munição com batalhas perdidas, ao fazerem acusaçõs vazias, perdem a oportunidade de fazer foco e mira e deixam que os feridos morram sem socorro e que os munícipes desacreditem na sua capacidade de avaliar qual é o verdadeiro problema,quais as suas dimensões e se é possível resolvê-lo de uma só tacada.
O caso Watergate deu uma grande lição que poderia ser aprendida aqui e em qualquer outro lugar do mundo. “Sigam o dinheiro”.
Se ele está sendo bem ou mal utilizado é a questão.
Não adianta querer que a atual administração resolva todos os problemas com mágica.
É preciso saber se há dinheiro, onde ele está e como está sendo empregado.
Ficar postando fotos de ruas alagadas não vai salvar os afogados e balas perdidas têm acertado o alvo.

1 compartilhamento
Inserida por marinhoguzman