João Ricardo Lopes (Dos Maus e Bons Pecados): Os pequenos gestos nunca são pequenos!...

Os pequenos gestos nunca são pequenos! São tudo! Gestos como escrever uma carta no impulso da amizade, gestos como observar a quantidade de ternura de um pai ou... Frase de João Ricardo Lopes (Dos Maus e Bons Pecados).

Os pequenos gestos nunca são pequenos! São tudo! Gestos como escrever uma carta no impulso da amizade, gestos como observar a quantidade de ternura de um pai ou de uma mãe a tomar o filho pela mão, gestos como avaliar o calor que se concentra num abraço ou num beijo, ou saborear intensamente os minúsculos rituais que nos cercam e que por capricho se tornam invisíveis...

1 compartilhamento
Inserida por sofiacarvalho1980