Ana Luiza Galvão: Tenho dores que já se foram, dores que...

Tenho dores que já se foram, dores que estão presente, dores que eu espero sentir. Há dores que me perseguem, e á aquelas que gostam de andar comigo. Dores que me encontram, dores que me entendem, dores boas e dores ruins. Tem tanta coisa que preciso conhecer e que não sei ao certo se devo continuar procurando dores pra sentir, ao que me foi passado dor é uma coisa ruim, uma sensação de perda, de fracasso, uma tristeza e uma falta de esperança que faz com que quem a sente desistir e esperar chorando, esperar que a dor passe. Aprendi que as dores sempre estarão comigo e que independente do que eu faça não posso deixá-las totalmente de lado. Tenho dores que sempre me acham, que me procuram, que vivem pra mim. Tenho tantas dores que descobri sem querer que sempre as tive e acho que tão cedo não vou saber sentir ou entender e aprender as coisas sem elas.

1 compartilhamento
Inserida por allugalvao