⁠Mente afluente Tenho uma mente... Ricardo Melo

⁠Mente afluente



Tenho uma mente poética.
E ela,
É fértil e vai traçando suas linhas.
Pergunta-me!
Qual é o tema sobre o tema,
Que monto para ti um poema e inspiro-te em minha poesia..
E ainda responderei assim;
Não sou semente mais faço-a brotar em tua alma.
Não sou raiz mas posso em ti penetrar.
Não sou peixe mais posso em teu corpo mergulhar.
Não sou ave mais posso no seu céu voar.
Sou equivalente aquilo você imagina.
Rabisco-te na minha vida real e na minha ilusão e não revelo meus segredos.
Meus atos,
São inspirações de um Homem que ama.
De olhar maciço de uma mente afluente.
Minha imaginação flui,
E achar ela por aí voando.
Traga-a para mim.
Porém!
Onde você estiver,
Terei ideias tocadas pela minha alma para te encantar.
Oh! Mente afluente.
Que passeia pelo teu corpo.
Ah! Versos de um cavalheiro,
Que sabe como te conduzir.
Sei bem mais que os teus desejos sabem sobre ti.
Sei tanto que escrevo-te em minhas texturas,
Até você delirar,
Em meus devaneios....


Autor:Ricardo Melo
O Poeta que Voa

Inserida por JoseRicardo7