Maria de Lourdes Terumy Suzuki Nishimura: ⁠O diplomata e o apedeuta O diplomata...

⁠O diplomata e o apedeuta O diplomata gritava em altos brados...
Ora ria em gargalhadas incontidas.
Cheio de orgulho e vaidade tolas,
criticava e via defeito em... Frase de Maria de Lourdes Terumy Suzuki Nishimura.

⁠O diplomata e o apedeuta

O diplomata gritava em altos brados...
Ora ria em gargalhadas incontidas.
Cheio de orgulho e vaidade tolas,
criticava e via defeito em todos!

Entre os seus estava bem posto..
Visto que, todos eram apedeutas.
Fora os seus os outros era resto,
afirmava assim os diplomatas!

Dias e mais dias iam se passando
e gerações vieram de um e de outro,
Os diplomatas por um lado
e os apedeutas por outro...

Nem todos eram diplomatas
e nem todos eram apedeutas,
mas generalizando assim seguiam,
porque uns nos noutros se viam!

Maria Lu T S Nishimura