Michel F.M.: ⁠As 24 horas vividas de um Verme 00h00...

⁠As 24 horas vividas de um Verme

00h00 – Nascimento para uma existência imperceptível 

01h00 – Descoberta dos primeiros sentidos (dolorosos) 

02h00 – Engatinha emitindo sons pouco compreensíveis 

03h00 – Inicia-se o adestramento de insignificância 

04h00 – Aprende a armazenar desapontamentos 

05h00 – Forçosamente é inserido à colônia parasítica 

06h00 – Sofre os maus tratos que traçarão sua deformidade 

07h00 – Perde qualquer doçura que jamais teve 

08h00 – Segue-se o adestramento de insignificância (nível intermediário) 

09h00 – Realiza cursos complementares de sadomasoquismo e submissão 

10h00 – Conhece a larva que viverá ao seu lado pelos segundos que lhe restam 

11h00 – Conclui o adestramento de insignificância (nível superior) 

12h00 – Horário reservado para a única refeição que fará 

13h00 – Forçosamente é inserido à colônia parasítica profissional 

14h00 – Procria com o desígnio de dar continuidade ao sistema vigente 

15h00 – Festa das quinze horas vividas de um verme (se for abastado) 

16h00 – Desenvolve-se em sua abreviada e meteórica carreira parasítica 

17h00 – Destrói a abreviada existência imperceptível de outros vermes (ônus) 

18h00 – Recebe o retorno frutífero por 240 minutos de dedicação (bônus) 

19h00 – Forçosamente é extraído da colônia parasítica profissional 

20h00 – Reflete sobre os danos, prejuízos, lesões, estragos e avarias sofridas 

21h00 – Aprende artesanato (devaneio que deslumbrava na fase juvenil) 

22h00 – Adoece sem amparo do estado maior ou seguro previdenciário 

23h00 – Morre desejando nunca ter existido 

24h00 – Obtém sua Redenção (ato ou efeito de se redimir) 

Inserida por michelfm