Monica Campello: À luta com Jesus!!! De manhã cedo, ao...

À luta com Jesus!!!

De manhã cedo, ao acordar, recebi uma mensagem de um shofar tocando. Senti Deus em meu coração, fazendo-me lembrar de Israel. Lembrei-me de Josué nas muralhas, de Moisés diante do Monte Sinai com os filhos de Deus, lembrei-me de Israel, de Jerusalém.

Assim, senti que Deus estava me dando mais um dia de vida e de luta na sua presença, sendo ele quem está na peleja por mim, o Senhor dos Exércitos. Fiquei ouvindo o shofar várias vezes e também o toquei para o meu marido ouvir.

Assim respondi ao emissor da mensagem:

“Bom dia!
Amei ouvi o shofar🙏🏽
Primeiro som da manhã, Deus nos chamando para um novo dia de luta, mas é Deus quem está na peleja por nós, o SENHOR DOS EXÉRCITOS. Aleluia, glória a Deus!”

E quando vim fazer a minha oração, lembrei-me do povo de Israel diante do Monte Sinai cheio de medo porque ouviram a voz estrondosa de Deus. Imaginei-me naquela situação, que eu poderia também ter medo, mas disse a Deus que eu penso que se eu estivesse ali talvez eu não tivesse medo de ouvir a sua voz. Mas mesmo que eu tivesse medo eu saberia que era a voz do Senhor e o medo iria embora.

A voz do Senhor é realmente estrondosa, voz de trovão, mas com certeza o Senhor faz o seu servo ouvir e reconhecer a sua voz, e, reconhecendo-a, não tem mais medo.

E esta é a voz do Senhor ao meu coração nesta manhã, para que eu tenha paz, e assim não tenha mais medo, porque é o Senhor quem está falando e é ele quem está na peleja à frente da batalha, General de guerra:

“E, falando ele dessas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles e disse-lhes: Paz seja convosco” (Lc 24:36‬).

“E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito. E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos ao vosso coração?” (Lc 24:37-38‬).

O shofar é um instrumento tradicionalmente sagrado.

Na tradição judaica, lembra o carneiro sacrificado por Avraham (Abraão) no lugar de Yitschac (Isaac) através da história da Akedá , lida no segundo dia de Rosh Hashaná.

Nos tempos antigos, o shofar era usado em ocasiões solenes. A palavra shofar é mencionada pela primeira vez em conexão à Revelação Divina no Monte Sinai, quando "a voz do shofar era por demais forte e todo o povo do acampamento tremeu". Assim, o shofar em Rosh Hashaná (ano novo judaico) tem o dever de lembrar aos judeus suas obrigações para com seu serviços religiosos.

O shofar também era tocado durante as batalhas contra inimigos perigosos. Portanto, o shofar de Rosh Hashaná serve como um grito de guerra contra o inimigo interior, impulsos maus e paixões. [Shofar: instrumento de sopro feito a partir de chifres de um animal (Wikipédia)

🎵Nada temerei, eu sei que não estou sozinha, o Todo-poderoso é o meu amigo, posso crer e descansar em Deus🎵