Síntia Almeida Pereira: Eu venci o Câncer de Mama. Hoje não...

Eu venci o Câncer de Mama. Hoje não sou mais o monstrinho Creck Creck que é como eu mesmo me chamava durante a fase mais difícil do tratamento. Este texto é antigo fiz numa postagem no Facebook para o Outubro Rosa e sempre tenho como atualizá-lo porque sempre vejo o quanto de positivo foi passar por tudo o que passei. Uma amiga detesta quando eu falo que Eu sou melhor depois do Câncer, não porque eu fosse uma peste e o sofrimento me melhorou. Não é isso. Só que a simples possibilidade de estar perto da morte trouxe pra minha vida uma visão mais ampla da vida. Mudou minha forma de enxergar a bênção que é estar viva e compartilhar a vida com os outros. As bobagens, frescurinhas e os mimimis perdem o sentido. E você luta para não perder o bem mais preciso que tem a vida. Neste mês da campanha Outubro Rosa onde a conscientização para a necessidade da prevenção contra o Câncer de Mama pode ser a diferença entre viver ou morrer. Quanto mais cedo descoberto mais chances de manter a vida. Ter Câncer de Mama é lutar duramente contra o desânimo, a rotina do tratamento, as dores, os enjôos e principalmente lutar contra o maior de todos os medos o de um dia perder a luta para esta doença. Só que muito desta luta é apoiada em sentimentos tão reais e fortes que te impulsionam a não desistir nunca.
Deus me presenteou com esta vida e não estou disposta a abrir mão dela. Sou grata a todos os amigos de perto e de longe, aos que me conhecem em carne e osso e aos que só me conhecem virtualmente.
Agradeço por cada oração, cada lágrima derramada junto comigo. Agradeço aos que me sustentam em suas orações.
E tem sido assim desde 2009 quando descobri o Câncer durante todo o tratamento, depois em 2011 quando veio o primeiro susto de recidiva e agora depois de mais de 7 anos outro susto de novo a recidiva me assombrava e veio então a histerectomia total com retirada dos ovários, das trompas e do útero. E agora depois da cirurgia é vida que segue. E estou numa nova guerra ganhar massa magra sem hormônios já que não posso fazer reposição. Dúvidas? Tenho algumas. Certeza? Que eu vou continuar vencendo!
Não estou só tenho todos vocês e Deus Tem Sido Sempre Todo O Meu Sustento.