Marcial Salaverry: Inesquecíveis são aquelas amizades que...

Inesquecíveis são aquelas amizades que
passam por nossa vida, e ficam no coração,
mesmo quando se ausentam...
E que deixam lembranças perenes, quando
algo acontece...
Osculos e amplexos,
Marcial

CERTAMENTE EXISTEM AMIZADES QUE SÃO INESQUECÍVEIS
Marcial Salaverry

A verdade é que podemos considerar como amizades inesquecíveis, aquelas criaturas com quem cruzamos em nossa caminhada, e que permanecem em nossa lembrança, aquelas amizades que de uma maneira ou outra, deixaram marcas indeléveis de sua passagem, seja porque nos despertaram um sentido de carinho mais especial, seja porque nos fizeram algum ou alguns grandes favores, seja apenas que por estarem vivas nos proporcionaram bons momentos.

Em suma, as razões são várias, mas acredito que todos nós sempre tivemos um alguém muito especial em nossa vida, seja em épocas mais remotas, ou mesmo mais recentemente. Seja de hoje, de ontem, ou do século passado, ou de outras passagens, as marcas ficaram.

Meu querido guru L’Inconnu, mandou-me uma mensagem que fala sobre assunto. Vejam só:
"Quem é especial....... fica !!! Dizem que se leva um minuto na vida para reparar numa pessoa especial, uma hora para apreciá-la, um dia para amá-la, mas é necessário uma vida inteira para esquecê-la...."

E por vezes nunca conseguimos esquecê-la, eis que são
essas pessoas inesquecíveis que, sabe-se lá por quais razões, despertaram um sentimento especial, uma afinidade maior. Alguma coisa bateu lá dentro e pronto, simpatizamos por demais com um certo alguém, bateu aquela coisa diferente em nossa alma, houve um entendimento, aparentemente inexplicável, aquele não sei o que e nem bem porque, mas o certo é que é.

Muitas vezes somos tratados de uma mesma maneira por pessoas diferentes, mas o que "cai bem" se dito por uma, pode nos parecer antipático se dito por outra. Por que isso? Quem saberá explicar?
Uma das explicações que já ouvi, e da qual compartilho, faz alusão a resgates de vidas anteriores. Mas tal lógica pode parecer ilógica para quem não aceita a teoria da reencarnação. E não se pode jamais discutir o mérito da questão. Cada qual tem seus pontos de vista, que sempre devem ser respeitados, salvo se desejar se aprofundar no assunto.

Enfim, existem diversas explicações, mas o certo é que isso realmente ocorre. Esse fenômeno que determina nossa simpatia por alguém e nossa antipatia por outro alguém é um fato indiscutível.
Explicações? São por demais subjetivas, e passíveis de polêmica. E, em nome da amizade, para que criá-las? Aceitemo-las e pronto, mesmo porque não há razão para discuti-las, pois sempre será uma questão de ponto de vista, e é algo a ser respeitado.

O interessante é que muitas vezes pensamos desfrutar de uma amizade muito especial, mas por motivos alheios à nossa vontade, essa amizade se desmancha, e prontamente nos esquecemos dela. E de outras, o esquecimento fica mais difícil, e sempre tentamos uma reaproximação. Por que esse fato de rapidamente assimilarmos uma ausência, ao passo que outras não são "esquecíveis"? Por que existem pessoas que desejamos que fiquem horas a nosso lado conversando, e outras que à sua simples presença, já esperamos que logo nos favoreça com a ausência?

Fala-se que todos nós temos uma aura em nosso redor. Alguns a tem positiva, e atraem amizades. Outros a tem negativa, e repelem amizades. É uma explicação bem simplista e com muita lógica. Por que então, uma mesma pessoa tem amigos e inimigos? Por que A atraiu a amizade de B, e a inimizade de C? Realmente é curioso isso. Não existe pessoa que não tenha sequer um amigo. Então a aura, por mais negativa que seja, atraiu a positividade de alguém, ou será uma outra aura igualmente negativa? São os opostos ou os semelhantes que se atraem? Por que uma pessoa é simpática para muitos, e antipática para outros?
Convenhamos que a primeira teoria tem um pouco mais de lógica.

Agora, em total concordância com L’Inconnu, temos que convir que é muito difícil esquecer uma velha e boa amizade, lá isso é. Tenho diversos e bons amigos perdidos nas brumas do passado, mas que sempre estão nas lembranças, e vez em quando bate uma saudadinha, a lembrança daquele papo amigo, seja virtual ou real...

Então crianças, todos os que assim o desejarem, convido para formar um círculo imaginário, darmo-nos as mãos, desejando-nos UM LINDO DIA, e que nunca seja cortado esse liame de boas amizades, e se acontecer um desligamento físico, que o espiritual permaneça...

1 compartilhamento
Inserida por Marcial1Salaverry