Luciano Caettano: [ HINO A ARAGUARI ] I Entoado...

[ HINO A ARAGUARI ]

I

Entoado distintamente o teu prelúdio,
vem dos tempos do Brasil Imperial,
da partilha bendita de sesmarias,
recém-nascida esperança virginal.

“Brejo Alegre” no cerrado reluzia,
água pura e cachoeiras à tua guarida,
do teu solo grandioso brota vida,
ó verdejante “Arraial da Ventania”!

Tomou ares de cidade o vilarejo,
selou por lei a ascensão tanto sonhada,
“Araguary” em tua liberdade alçou voo,
fez renascer a esperança renovada.

Rogamos glórias a nossa Terra Adorada,
à cidade-mãe briosa que nos sorri,
louvemos graças aos quatro ventos por ti ditosa,
a majestosa e mineiríssima Araguari!

Avante, araguarinos! Sempre avante!
Salve ó terra da Justiça e do Amor,
aos céus tremula tua flâmula exultante,
és joia rara do Brasil interior!

II

Tua recompensa é o teu povo, Terra Amada,
laborioso, afável e hospitaleiro,
reconhece a Boa Nova afortunada,
os abençoados filhos deste solo mineiro!

Na Bom Jesus tilintam os sinos da “Matriz”,
desde os tempos do pacato povoado,
dos primórdios, garboso chamariz,
em seu louvor incontinenti e abrasado.

“Mogiana” e “Goiás” te raiaram ao mundo,
o símbolo ferroviário em teu seio está marcado,
resplandece o teu espírito de viés fecundo
nos trilhos do tempo imponente e eternizado.

O “Rio Jordão”, ao teu flanco, desliza sem intervalo,
as dádivas emanadas do divino tens por inteiro,
rara beleza em águas cristalinas, o teu regalo,
Araguari – és o orgulho do Triângulo Mineiro!

Avante, araguarinos! Sempre avante!
Salve ó terra da Justiça e do Amor,
aos céus tremula tua flâmula exultante,
és joia rara do Brasil interior!

1 compartilhamento
Inserida por belospoemas