Antonio Carlos: O preço da gentileza Sempre ouvimos...

O preço da gentileza
Sempre ouvimos dizer: "fazer o bem sem olhar a quem"
o que deveria ser para nós um "modus vivendi" (modo de vida)
nem sempre significa ato contínuo ou comum no cotidiano de cada um.
Fazer o bem almejando algum benefício em troca
não traz mérito algum, torna-se simplesmente troca de favores,
isto quando não envolve compensação monetário que é a própria paga do favor oferecido.
Agora fazer o bem ou praticar a gentileza desprovidamente,
sem esperar o retorno do ato,
isto sim tem o preço que favor nenhum paga, ou dinheiro compra.
O preço disto,
terá retorno quando menos se esperar e virá na forma de bençãos
que acrescentará valores ao nosso eu espiritual.
Sem querer acabamos por perceber que os caminhos se abrem,
as coincidências passam a ocorrer com mais frequência
e as soluções aparecem com maior facilidade.
O caminho do invisível,
onde ocorrem as compensações,
são resultado de leis espirituais onde homem nenhum altera,
ou utiliza a seu favor,
mas todos participam em comum união.

1 compartilhamento
Inserida por Annnttonious13