Ricardo Maria Louro: - ESTIGMATISMO - Eu sou o drama Sou a...

- ESTIGMATISMO -

Eu sou o drama
Sou a solidão
Eu, só, na cama
Sem ter coração.

Eu sou o nada
Eu sou o pó
Eu sou na estrada
Um triste só.

Eu sou quem sou
Que por ser, serei,
A alma que dou
E que nunca darei.

Mas sou do que vês
A vida que foi
E no fundo, talvez,
Seja tudo o que dói.

1 compartilhamento
Inserida por Eliot