R. Matos: Pueril e azêmola Fui e estou sendo um...

Pueril e azêmola Fui e estou sendo um ebola Praga do meu próprio feito Escolha do meu privativo erro Antecipação de um sucesso inexistente Fato constato pelo fr... Frase de R. Matos.

Pueril e azêmola
Fui e estou sendo um ebola
Praga do meu próprio feito
Escolha do meu privativo erro
Antecipação de um sucesso inexistente
Fato constato pelo fracasso presente
Num dia de esperança já fracassada
No vazio da minha vida engessada
De vitórias e vitórias esperadas
Mais jamais conquistadas
Acreditei em que menos podia
Meu eterno e sublime ego
Tudo estacaria bem essa sangria
Que o retorto ficaria bem ao raiar do dia
Leda inexatidão, precisão sem coesão
Imperai um acerto sem contar a reprovação
Você não necessita ouvir essa ladainha
Aturar com amarra, muito menos como anjinha
Apenas respeite minha sarjadora
Querendo ou não esteve presente na hora da semeadura.

1 compartilhamento
Inserida por rmatos