Poesiadeumanonimo: No escuro, desacordado, eu estou...

No escuro, desacordado, eu estou pensando o que será que eu fiz de errado, não conseguir sentir o meu corpo é horrível, as vezes eu penso que sou apenas um lixo... Frase de Poesiadeumanonimo.

No escuro, desacordado, eu estou pensando o que será que eu fiz de errado, não conseguir sentir o meu corpo é horrível, as vezes eu penso que sou apenas um lixo, mas não me importo, um dia chega ao fim, muitos riram de mim e hoje eu estou aqui, se tenho orgulho do que fiz? Eu não sei, mas o que espero é que tenha um novo recomeço, se existir eu, pago qualquer preço, inconsciente, no chão gelado, sinto meu corpo tão frio como se eu estivesse com ar-condicionado ligado, sei que é o fim, mas felizmente, vou sair desse pesadelo que é ser gente, com sangue escorrendo por todos os lados, não sei o que eu fiz mas sei que estou ferrado, só queria dizer adeus a minha mãe, abraça-la e me despedir, mas infelizmente não vou poder, este é o fim.

1 compartilhamento
Inserida por Poesiadeumanonimo