Prof lourdes Duarte: VIAGEM AO RECÔNDITO DO MEU SER Profª...

VIAGEM AO RECÔNDITO DO MEU SER
Profª Lourdes Duarte

Ergo –me envolto ao desconsolo infinito
Como sombra vejo o tempo a passar
Envolto em meus pensamentos
Ponho-me a imaginar
Vivi ou vi o tempo passar.


Nesses meus olhos de olhar tristonho,
Penetro no mais íntimo do meu ser
Resgato o que vai na minha alma
Cansada e tristes, ainda perdida
Certo brilho no olhar que a ilumina.


Vejo em sorrisos grandes verdade
Em olhares alegrias e felicidades
Embora de relance veja infelicidade,
Uma coisa é certa, afirmo sem pudor
Minha vida foi, regrada por amor.


Minha alma é como as profundezas do mar
Devo viver cada instante com olhar atento
Desbravando o recôndito do meu eu,
Resgatando meus valores, quem sabe!
Ou descobrindo tudo que existe
De mais belo no meu ser.


De certo no Compasso do tempo,
Novas visões, novos pensamentos,irão surgir;
Mesmo que penetre nas ruínas do meu ser
A incógnita da vida não desvendarei,
O futuro a Deus pertence. Importante!
É ter no coração, a paz de um viajante


Angellada Reis, sobre esse tema diz que,
“Às vezes precisamos viajar. Não digo conhecer outros lugares, isso também é bom, refiro-me ao nosso território interno. É preciso mergulhar, descobrir cada lugar, o recôndito mais profundo. É que não devemos nos perder de vista, nossos olhos têm sempre que nos acompanhar, ver onde estamos e o que fazemos”.

Inserida por lourdesduarte