Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL: SONETO NUM MANTRA Vai, poema meu,...

SONETO NUM MANTRA Vai, poema meu, declame emoção diz a vida, que o bom é ter sinfonia se a rima em prece ou em melodia no sentimento amor, luz e canção Se de sa... Frase de Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL.

SONETO NUM MANTRA

Vai, poema meu, declame emoção
diz a vida, que o bom é ter sinfonia
se a rima em prece ou em melodia
no sentimento amor, luz e canção

Se de saudade, pouca sê a nostalgia
se com tristeza, que venha agitação
se silêncio, que seja para inspiração
só não deixe a sorte sem ter alegria

Pois sem estas razões, é desilusão
e desiludido o meu verso morreria
e a minha alma perderia o coração

Então, em cada estrofe, ore fantasia
enchendo os versos com doce ilusão
assim, num mantra de paz e de poesia

Luciano Spagnol
Outubro de 2016
Cerrado goiano

1 compartilhamento
Inserida por LucianoSpagnol