Fabio Cunha: E quando eu abrir mão, de tudo que um...

E quando eu abrir mão, de tudo que um dia eu chamei de amor, eu finalmente poderei ficar em paz, em paz, não feliz.Para conseguir voltar a viver tive de abrir mão daquilo que eu acreditava ser meu mundo, meu motivo de existir.

1 compartilhamento
Inserida por FabioCunha