Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL: LUAR DO CERRADO Quando, no cerrado, vem...

LUAR DO CERRADO Quando, no cerrado, vem o anoitecer O seu luar prateia as várzeas quedos Num silêncio de fúnebres segredos Numa tal beleza por assim merecer É o... Frase de Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL.

LUAR DO CERRADO

Quando, no cerrado, vem o anoitecer
O seu luar prateia as várzeas quedos
Num silêncio de fúnebres segredos
Numa tal beleza por assim merecer

É o Criador vazando o belo entre os dedos
Enfeitando a noite para não mais esquecer
Ladeando a lua com estrelas a resplandecer
E pondo a prova os nossos sentidos tredos

É tanta intensidade da luz, tátil é o perceber
Que nos faz pequeninos, eternos mancebos
Pasmado, que quase não se pode descrever

A imaginação migra para vários enredos
Numa rutilante e bela experiência no viver
Numa total plenitude e sentimentos ledos...

Luciano Spagnol
Junho, 2016
Cerrado goiano

1 compartilhamento
Inserida por LucianoSpagnol