Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL: SONETO DAS ROSAS Rosas, poemas da...

SONETO DAS ROSAS Rosas, poemas da natureza, poetadas Por mãos, que também oferecem rosas Cativantes, ao amor tornam suspirosas E ao desafeto são tristes e desfo... Frase de Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL.

SONETO DAS ROSAS

Rosas, poemas da natureza, poetadas
Por mãos, que também oferecem rosas
Cativantes, ao amor tornam suspirosas
E ao desafeto são tristes e desfolhadas

Já as vermelhas para paixão, afanadas
Ornando o olhar, se dando primorosas
Cheias de significado, e tão formosas
Também, bem às emoções esfalfadas

És cheiro nas lembranças silenciosas
Lágrima infeliz nas perdas passadas
Sois trovas alfombradas às amorosas

Ah! Belas damas várias e tão encantadas
As primeiras, as derradeiras, carinhosas
Só tu rosas, para coroar nossas estradas

Luciano Spagnol
Junho de 2016
Cerrado goiano

1 compartilhamento
Inserida por LucianoSpagnol