Edsonricardopaiva: Este mundo anda tão confuso Que eu...

Este mundo anda tão confuso
Que eu acabo por seguir a multidão
Por mais que me recuse
Quando vejo estou atendendo
Pelos nomes que me dão
E só o que me dão são nomes
Minha fome permanece a mesma
Inauguraram uma nova feira de rua
Venderam ali minha alma
Me perderam pelo menor preço
Creio que seja mesmo assim
Levaram de mim
Somente aquilo que merecem
Meus olhos se apressam
Em não querer mais vê-los
E eu vou deslizando
Por entre tantos atropelos
Guardo assim, meu coração
Sem amigos, quase sem uso
Antigos em mim, há somente sonhos
Todos eles, por demais voláteis
Mas um dia me haverão de ser úteis
Desenhos que pretendo ainda colorir
Somente a eles me prendo
Distribuo o que me cai às mãos
Mas não me vendo
Um dia tudo isso há de findar
Pois meu lugar, isso eu sei
Não é ali, eu apenas me perdi
Passou em branco, foi tudo ilusão
Permaneço abstraído
Apesar dessa tamanha confusão
Pois este mundo anda um tanto confuso.

1 compartilhamento
Inserida por edsonricardopaiva