Eliane Brum: A vida de cada um é também a tessitura...

A vida de cada um é também a tessitura desse monstruário pessoal no qual vamos nomeando os seres que assombram apenas a nós. Aqueles que nascem de uma mitologia íntima, forjada em nosso confronto com o real, sempre muito mais apavorante.

1 compartilhamento
Inserida por rodkalenninfe