Norma Baker: MISTÉRIO Um mistério que trago dentro...

MISTÉRIO
Um mistério que trago dentro em mim
Ajuda-me, minh'alma a descobrir...
É um mistério de sonho e de luar,
Dia e noite após dia e Noite
Que ora me faz chorar, ora sorrir!

Viemos tanto tempo tão amigos!
E sem que o teu olhar puro toldasse
A pureza da minha vida quieta
E sem que um beijo ...
As nossas bocas rubras desfolhasse!

Mas um dia, uma tarde...
houve um fulgor,
Um olhar que brilhou...
e mansamente...
Ai, dize ó meu encanto, meu amor coisas a me calar
Por absoluta ausência de resposta,
Pelo menos imediata ou mediata

Porque foi que somente nessa tarde ?
Você pediu tão carinhosamente
Não peça assim com jeitinho
Fascinante como em tão pouco tempo você aprendeu a aprender como me entender?

Nos olhamos assim tão docemente ...
Diga-se de passagem foram olhos do coração que conseguiram ver melhor que a própria retina do teu globo ocular.

Ah foi sim um argumento fatal
Num grande olhar d'amor verdadeiro e da quase provável hipótese de uma partida minha ou sua...

Ressentirmos a tal da saudade
Aquela da qual eu ja conheci bem a dor!
E continua o mistério que trago dentro de mim ,
Ajuda minh'ama a descobrir

1 compartilhamento
Inserida por NormaBaker