Wânyffer Monteiro: A arte do nada dizer... As palavras...

A arte do nada dizer...

As palavras misturam-se. Olho para o teclado de letras embaralhadas que juntas fazem nenhum sentido. É inútil tentar fazê-las ter nexo se meus pensamentos não o tem.
Crio mais um blog para suprir a nudez de palavras que tomou conta de mim no endereço passado. E como este se chama? "A arte do nada dizer" (será golpe da ironia de mim peculiar?).
Não importa como eu una as letras e depois as palavras, elas traduzirão pensamentos vácuos de uma mente vazia de sapiência e experiência.
Não sou Machado, Poe ou Gaiman, porque alguém se preocuparia em desvendar os delírios de minha mente insensata no momento em que vomito palavras como um bêbado que após o ápice de tontura, cairá aliviado no chão sussurrando palavras de consolo para si mesmo?
Escrevo, portanto, para mim mesma. Um dia, quem sabe, a Wânyffer Monteiro necessitará lembrar o que a jovem Wan pensava. E, lendo esse quebra-cabeça de pensamentos incompreensíveis, mergulhe profundamente em busca do seu âmago e nunca esqueça o passado. Quando a sua maior diversão era nada dizer.

1 compartilhamento
Inserida por katiacristinaamaro