Jbcampos: Depois das 6,30h Na calçada da minha...

Depois das 6,30h

Na calçada da minha rua, calças curtas à espera da lua, olho vidrado na bolinha colorida de sabão. Que tempo bom. Há algumas décadas. Na mesma calçada, senhoras e senhores descansavam recostados nas suas cadeiras de preguiça, espreguiçadeiras. Lá no fundo do pensamento ouvia-se uma conhecida canção: Lampião de Gás. Inezita era ainda uma jovem e bela morena. Algumas inocentes fofocas de antigamente saltavam a qualquer besteira. Causos engraçados eram quase versejados pelos anciãos encarquilhados, que não mediam disposição para aqueles encontros enluarados. Giba, o antigo vigia particular, mais conhecido por: guarda-noturno parava para aliviar seus velhos pecados, saia dali para sua costumeira rota, até parecia que seu ofício seguia, simplesmente pela terapia daquelas tardes fagueiras transformadas em madrugadas de alegrias livrando-o de suas possíveis derrotas no seu dia a dia.

O tempo passa, e hoje não dá mais pra confiar na sorte, sequer dentro de nossas prisões...

jbcampos

1 compartilhamento
Inserida por camposcampos