Luiz Machado: E do barulho estridente nasce o...

E do barulho estridente nasce o silêncio da paz. Os sons que ainda ecoam se dissipam na suave brisa do vento que os vai levando, lentamente. Respiro! Renasço! R... Frase de Luiz Machado.

E do barulho estridente nasce o silêncio da paz. Os sons que ainda ecoam se dissipam na suave brisa do vento que os vai levando, lentamente. Respiro! Renasço! Ressurjo! Não sou mais eu, mesmo sendo o eu de sempre...
(Luiz Machado)

1 compartilhamento
Inserida por luizmachado