Moacir Luís Araldi: Versos da Paz Não me adianta ser poeta,...

Versos da Paz Não me adianta ser poeta, Se eu não for condutor de boas ações. Espero que meus versos não Necessitem de ponto final. Que nada seja rompido por si... Frase de Moacir Luís Araldi.

Versos da Paz

Não me adianta ser poeta,
Se eu não for condutor de boas ações.
Espero que meus versos não
Necessitem de ponto final.
Que nada seja rompido por sinal.
Boa é a vida na qual o bem não tenha oposição
E onde mundo é uma única nação.
Em que as cores não discriminam
E as cabeças dominantes se iluminam.
Onde os abraços servem pra fortalecer as relações.
Em que os ventos destruam somente conceitos errôneos
Em que a música universalize o que faz bem.
Em que a poesia, ainda que pobre,
Se preste para gestos nobres.
Onde versos de paz
Sejam escritos cada dia mais.
E que os homens se entendam
Celebrando com gestos que a todos satisfaz.

1 compartilhamento
Inserida por Moapoesias