IsabelMoraisRibeiro: Abro o livro das páginas da vida...

Abro o livro das páginas da vida espelhos de encontros, desencontros Chove lá fora, estará a lavar o chão da rua, o mundo, a alma, o corpo Palavras deitadas ao ... Frase de IsabelMoraisRibeiro.

Abro o livro das páginas da vida
espelhos de encontros, desencontros

Chove lá fora, estará a lavar o chão
da rua, o mundo, a alma, o corpo

Palavras deitadas ao vento
poemas desaparecidos no silêncio

Lírios perfumados palidez dos caminhos
noites de sonho entre as páginas gastas

Veneno oculto arrastado nos ossos
angústia escrita sobre a almofada

Escuridão do rosto da morte matada,
morta, esquecida, perdida..!!!

1 compartilhamento
Inserida por IsabelMoraisRibeiro