IsabelMoraisRibeiro

1 - 25 do total de 337 pensamentos de IsabelMoraisRibeiro

2014 versos

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

O vento corre como um cavalo
por todos os lados o mar rodeia-me

Deixando recados escritos na praia
filha da espuma do beijo do mar
intolerante, inquieto, inconstante

Chove lá fora e o meu coração
chora de amor e saudade que vem
de dentro, caiem lágrimas de alegria
afinal esperar por ti não foi em vão

O vento corre e galopa como um cavalo
rodeado de mar, onde as ondas escrevem
na areia poesias de amor.!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Guardamos a chave do nosso coração....
Afinal cada pessoa é um mundo onde guardam...
as chaves dos seus corações..azedos e doces

Chave de um coração sem agua, é como um deserto
ingrato, sem céu onde é impossível exprimir...
os sentimentos ao vento de querer amar sem sofrer..

Ciúme, sentimento maligno, devastador, egoísta
transformado em veneno, mata qualquer amor..
Linhas mal traçadas escritas de saudade..
chaves de desculpas, de erros, provas de afeição..!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Senhor..
Neste dia que acaba de nascer
quero agradecer-te pela vida...
pelo amor, pela esperança e pela fé..!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Angola terra quente da minha infância
Luanda cidade linda e encantada
tu serás sempre Portuguesa....
dentro da minha alma, da minha mente.!!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Quando o nosso sonho perder a luz...
sorria sempre que voltará a luz
ao seu sonho encantador.!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Meu menino Jesus que neste Natal
a luz penetre na nossa alma
e no nosso coração...

Como uma brisa de inverno
morna de esperança..
adormecida em folhas secas de ilusões,
medos, indiferença, desespero, solidão
inverno perfumado com ternura.

Alegria despertada já esquecida
em lamúrias, dores, queixas, falta de fé
silencia-nos deste caminho sem distrações
sem receios, sem defesas...

Abraçar o nosso encontro
com o coração aberto ....
nas manhãs risonhas e das noites felizes..
um Santo e Feliz Natal....a todos..!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Senhor..
Olha por todos aqueles que sofrem..
Que vejam e sintam a tua bondade.
A tua imensa misericórdia..!!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Pássaro livre que vai a procura
de emoções perdidas, esquecidas

Recordações que escreve quando...
pode voar, sonhos que nascem e morrem ..
como um pássaro engaiolado olhando para o céu

À procura de espaço através das grades
vaidade despida de dor sem paixão.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Um poeta fingidor que sem saudade...
escreve de amor não sabe nada de dor...

Cortina de sal amargo que gosta de brincar
com as letras escritas de um poema

Exprimir com o grito da alma
convencida arrogante de palavras soltas

Onde a rosa desabrocha com a chuva
explode de alegria harmonia enfeitiçada

Pelo dia em que o poeta fingidor sente
a felicidade das flores do jardim da sua vida.!!

IsabelMoraisRibeiro
2 compartilhamentos

Cavalos selvagens , tempestade de neve
onde correm como o vento...
do seu desalento, pranto sentido choroso.

Lágrimas que derretem o gelo da alma..
como fogo ardente selvagem de uma paixão..
corpo nú belo charmoso quente .!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Senhor
há horas que não nos falamos...
e já sinto saudades tuas....
quero agradecer-te tudo que me dás...
e que me deste neste dia ..!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Caminho de sonhos floridos...
Flores dos nossos sonhos...
Sonhos sem sombras..
Alegres sentidas na vida.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

O tempo deu à vida....
ou tempo que a vida não tinha

O tempo espero que, o tempo...
chegasse cedo e não partisse..

O tempo disse ao tempo..
das saudades que o tempo tinha

O tempo fugiu do tempo ...
do tempo que não tinha..!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Várzeas das saudades...
dizem que o fogo não tem dor
porque não sente o calor...

Mar azarado, matreiro ,vingativo
leva a saudade contigo escrita...
em poemas na areia da praia.

Procuro o sol nas noites escuras
perdidas e vazias...
donde os poemas tortos que componho
os deixo no chão das estradas do alento.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Vivi e vivo para sonhar,
vivi e vivo para amar
sonhei que escrevia na areia
um poema nas ondas deste mar
memórias perdidas, deitadas ao vento

Poesia atirada para as trevas da noite
vozes que serão silenciadas nos olhos
do desejo, da fome, de um beijo, um abraço
revelam-se na tempestade aos ventos na emoção

Palavras arrumadas feitas em poesia da razão
luz resplandecente para quem sente e vê
com alma e coração, as lágrimas escritas no papel..!!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Rosas, camélias, orquídeas
porque serão tão belas e lindas
estas flores.??
Serão como as cartas de amor...
São elas que nos fazem ver a lua e a sorrir
lindas de ler, fazem-nos chorar e rir …
Escritas com amor...e saudade...
Cartas de Amor … Quem as não tem …!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

O teu amor alimenta-me...
e dá-me forças para continuar.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

A maior riqueza que Deus nos deu
é a família e o que temos dentro de nós
um sentimento que nos une e nos torna corajosos.!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

O amor é um sentimento que não se explica
sente-se, não tente compreendê-lo, viva, ame...
deixe-se levar como o rio que vai para o mar.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Senhor
Faz de mim uma penitente..
Uma mãe de família, uma mulher
Uma simples escrava da minha alma
Uma obediente e humilde serva
Aumenta-me a fé que foge-me entre os dedos
A esperança, as dúvidas, as sombras ..
Eu sei Senhor, que contigo estou em paz
Aumentai a minha fé que encontra-se perdida
Eu quero que ela volte sem ela não sou nada
Apenas um pedaço de carne apodrecida...!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Hoje à noite vou deitar a minha cabeça,
no teu ombro, no teu colo, sentir o teu coração
para curar as dores do corpo, da alma
afagar todo o meu sofrimento..

A tristeza deita-se comigo nesta noite fria
tempo de um sonho tesouros de saudade
recordações rasgadas, amansadas....
jogadas no chão como uma raiz morta.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Senhor....
Obrigado vida, pela adversidade, pela coragem
pelos medos, pelas desilusões, pelas derrotas,
pelas paixões, pela luz e as trevas, pelos sorrisos..
pelas tristezas, pela vida, pelo amanhecer, pelo mar e sol
pela chuva e neve, pelo vento e tempestade
pelas experiências das coisas boas que eu vivi e vivo.!!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro

Senhor..
Ainda que eu ande pelos..
vales do deserto, da tempestade, da sombra
cercada por inimigos eu não temerei mal algum.!

IsabelMoraisRibeiro
2 compartilhamentos

Luas perdidas, esquecidas
encantadas, sentidas
sereias transformadas
embaladas pelas ondas do mar

Deixo o vento por alguns instantes
levar as palavras escritas em sonhos
no meio de ilusões, pensamentos de amor..

Amo-te hoje e amanhã pois eu ...
vejo-me no teu reflexo e tu estás em mim
como o néctar das flores, onde as abelhas
procuram o pólen para o mel...

Luas que brilham na noite escura onde
se perderam e encontraram-se dois corações..!

IsabelMoraisRibeiro
Inserida por IsabelMoraisRibeiro