Coleção pessoal de IsabelMoraisRibeiro

1 - 20 do total de 948 pensamentos na coleção de IsabelMoraisRibeiro

Cozinhar não é apenas fazer boa comida
É transformar os todos os ingredientes em sentimentos
De amor, de vida, de esperança
Ambas dão prazer e o mistério está na vontade de amar
Sentida no nosso próprio palato.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Amamo-nos por momentos
Ou talvez já nem sei mais
Só sei que te tenho ou te tive
Que fui feliz ou foi só um sonho
Das saudades ou vontades
Do que fomos ou ainda somos
Enrolada com o meu corpo no teu
Num beijo quente engolindo os teus ais.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

O amor ...
É livre de preconceito
É doce como o mel
E livre como os lírios do campo.


❦*♡*.¸ ¸❤

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

A cozinha é um teatro
Onde todos os ingredientes
Se juntam para formar uma
Bela ópera de tantos sabores
Aromas, textura e cores
Transformando todos
Os alimentos numa obra de arte.ღೋஜ

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

LABIRINTO

Num labirinto de víboras de todos os tamanhos
Escrevo que o labirinto me mata lentamente
E que quando me lerem adocem-me a esperança
Deste sobressalto dentro de mim como um arrepio
Ou desenganado, indiferente de rastos como uma pobre
Coitadinha louca de pensamentos dispersos ao vento
Nesta deriva entre os grilhões ou talvez atalhos de mim
Renasço desenhando os meus próprios passos na solidão
Já não sou o que fui, já fugi do meu caminho tantas vezes
Sou apenas uma mulher que resvala desfalecida na alma
Carnificina das palavras num momento que mente em silêncio
Olho o espelho sem me ver arrasto-me na lama do inferno
Encantamento da mentira adocicada prisioneira da minha mente
Circunscrita por uma luz de grades frias, de feridas profundas
Lambo a ferida invisível das palavras mordidas, sussurradas
Fervilha o sangue das letras esquecidas de sentimentos
No faminto delírio dos sinos da igreja entre o labirinto cruel
Deste mundo míope desinspirado desprovido de sentimentos
De aspirações traídas pelas falências da própria humanidade
A desordem a injustiça imanente é feita de moribundos
Gente sem escrúpulos, nada sentem encurralados no seu labirinto.
༻❀༺༻❀༺༻❀༺ -

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Ama-me ou enlouquece-me
♫.•* a escolha é tua.´♥‿.•*´¯ 

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Quando tu procuras Deus mesmo sem forças
Tudo se reveste e se levanta com amor ♥‿.•*´¯

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

SILÊNCIO RASGADO

Rasga-me o meu silêncio
Num profundo corte
De inquietação na alma
E me penitencio na dor
Que enrolada me devora
Neste soneto doloroso
De um mar cheio de lágrimas
Na solidão de tanto silêncio
Rasga-me o peito, fere-me a alma
É o silêncio que doí, que corroí
De tantos sentimentos escondidos
Perdidos, achados, esquecidos
Não, não quero sentir a escuridão
Quero apenas sentir-me no silêncio
Para tomar conta de mim em ti amor.
❤*•.¸.•*♡*•.¸.•*❤❤*•.¸.•*♡*•.¸.•*❤

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

QUERO DAR-TE

Sou mulher, mãe ou companheira
Quero dar-te o meu amor
Dar-te uma semente de mostarda
Dar-te um pequeno bago de arroz
Dar-te um beijo longo e molhado
Dar-te a sombra do meu nome
Dar-te a pele do meu corpo
Dar-te o ouro do meu coração
Dar-te o mel da minha boca
Dar-te o peso da minha alma em ti
Dar-te apenas todo o meu amor
Sou mulher, tua esposa, tua amante
Tua amiga ou conselheira.
❤*•.¸.•*♡*•.¸.•*❤

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Abro as portas da minha alma
Liberto-me de todas as dores
Enterro todas as dúvidas ༻❀༺
Liberto-me deste turbulento universo.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Vazia a mente ༻❀༺
Sentido coração
༻❀༺ Do verso escrito
Na saudade dos passos
Das palavras silenciosas.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Só o sorriso dos meus filhos
(¯`⋎´¯)
.`¨❥ Alimentam a minha alma
E mantém-me viva nesta dura vida

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

O amor até pode morrer
(¯`⋎´¯)
.`¨❥ Mas amizade nunca morrerá
Será sempre um jardim perfumado.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

FALSOS ou HIPÓCRITAS

Há hipócritas de restos mortais
Que poluem a mente assolada
Dos que morreram na integridade
Punhais que voam, víboras aladas
Palavras incendiadas, línguas de fogo
Disfarce hipócrita, intenções escondidas
Espanto dos fracos, sangram de fúria
Fome de amor, de paz, vómito desonesto
Resto de num ato fulcral, de ações ébrias
Maldita máscara de anjo, encarcerado devil
Que esconde negras faces, disfarce hipócrita
Noite escura de tanto lamento, longo de insanos
Repletos de intriguistas, maldosos, falsos
De maledicência, de jogo duplo, sem verdade
Quanto a mim prossigo sobrevivo nesta guerra
De hipócritas, de falsos moralistas com decepção.
(¯`:´¯)░░(.•´/|\`•.) ░(¯ `•.\|/.•´¯)░░(.:.).

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

PORTAS DA ALMA

Abro as portas da minha alma
Liberto-me de todas as dores
Sou terra arada semeada de flores
Rio Sabor cauteloso no peito
Que desprende-se entre o corpo
Abro os braços à vida, a ti amor
Enterro as dores, todas as dúvidas
Liberto-me no universo turbulento
Enterro os grilhões entre o caminho
Desenterro os alicerces das ilusões
Rasgo com vigor a estrada interior
Que a cama se torna numa nuvem
Entre os teus beijos intermináveis
Sinto-me amada ai como me sinto
Ternura oferecida dos teus braços
Emoções inesquecíveis de sabores
Ou talvez de cores do teu coração.
❤*•.¸.•*♡*•.¸.•*❤

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

QUE A VIDA SEJA BELA

Que a terra pelo caminho beije os nossos pés
Que o sol nos abrace com carinho
Que a chuva lave todas as nossas dores
Que a lua mime o nossos sonhos
Que a tempestade sopre as nossas dificuldades
Que a fé seja forte nas nossas metas
Que a nossa felicidade nos leve ao colo
Que o amor seja sempre verdadeiro
Que os nossas mãos nos conduzam pelo vida
Que o vento acaricie os nossos cabelos
Que a vida seja sempre bela e perfumada.
(¯`⋎´¯)
.`¨❥

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Beijar-te
É beber água salgada
(¯`⋎´¯)
.`¨❥ Só aumenta a minha sede
Enlouquecendo-me a alma.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

MURO VIRTUAL

Somos um corpo
Que por vezes sente
Outras nem sabe disso
Que pergunta tantas vezes
Para quê sentir
Para quê perceber
Para quê amar
Vivemos cercados
De altos muros virtuais
Com medo de viver
Onde paro e me deparo
Vivo, sobrevivo
Sinto, pressinto
Choro, consolo
Paixão, desejo
Amo, odeio
Ouço, ignoro
Fé, oração
Grito, silêncio
Agito e acalmo
Entrego, roubo
Beijo, abraço
Deus, amor
Permito, expulso
Faço, desfaço
Alma, coração
Procuro a saída
Deste muro virtual.
✿♥ღ✿♥ღ✿

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

Guardo na alma
- Sorrisos, carinhos
Gestos, abraços
- Afagos, beijos
Sonhos, silêncios
- De mil palavras. ♥♥

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento

A minha língua
Cabe na tua boca
Onde desliza na saliva
Por entre as palavras
De um longo beijo.
♥♥༻❀༺♥♥

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
1 compartilhamento