Karolamorim: Você não merecia o que eu escrevi....

Você não merecia o que eu escrevi. Você não merecia o que eu fiz. Você não merecia nada disso porque você é mais. Você é mais que todas as coisas boas que me aconteceram em vinte anos. Eu já te falei sobre quando viajei pra fortaleza? Fui morar numa casa que era perfeita e meus pais estavam tão bem juntos. Meus irmãos eram bem unidos. Também te contei sobre quando fui pra minha primeira rave com a minha melhor amiga. Lembra de quanto você chegou na minha casa com um urso e um caderno de anotações sobre mim? Você lembra do quanto eu estava brava e de como eu sorri assim que te vi chegar na parada de ônibus? Você me fez mais feliz que isso. E teve aquela última noite em que você dormiu na minha casa. Eu te olhava com muito medo de te acordar, mas eu devia ter te acordado pra dizer o quanto você é linda dormindo. Agora sinto como se eu nunca tivesse te dito nada do que eu deveria dizer. Eu devia ter implorado pra não ir naquela festa porque eu me conheço e não merecia essa festa com você. E nada mais faz sentido também. Todas as vezes em que te olhei me apaixonei e não é uma maneira de falar. lembra do quanto eu morria de rir das pessoas que você ignorava? hoje eu tô morrendo de medo de ser uma dessas pessoas. Pensei que nunca fosse passar por isso, mas agora posso te dizer que te amar foi a minha maior dor até agora. Porque nada doí mais do que não poder mais ir na sua casa e te encostar devagar numa parede qualquer. Nada doí mais do que não ir te buscar mais na parada de ônibus naquele sol infernal. Nada doí mais do que não poder rir dos seus shorts de dormir. Nada doí mais do que não poder te contar o quanto me sinto excitada só de ouvir a sua voz ou quando você me abraça por trás. Nada doí mais que sentir essa dor de saudade de você o tempo inteiro. Penso que morrer doeria muito menos. E teve aquele dia no parque, que você apareceu tão sorridente. Você me levou pra debaixo de uma casinha e eu não via a hora de encostar a minha mão na tua. Você conversava demais e eu suava demais pra calar a sua boca com um beijo. Toda vez que eu olho pra sua boca sinto uma coisa completamente louca. Nada me fez sentir mais louca do que esse meu amor por você. Sinto vontade de sair gritando pela rua, procurando algum abraço que me faça sentir tudo o que eu sentia quando me jogava nos seus braços. Você é tão baixinha, mas tinha tanta força pra me segurar e você me segurava com muita vontade. Isso era uma das coisas que eu mais gostava de fazer e mais queria fazer durante o dia. Por muitas vezes descontei em você, brigando com você por sentir tanta vontade de correr pra os seus braços. Mas nada disso mais faz sentido e nem as minhas brigas. E o mundo hoje em dia não faz mais nenhum sentido também. Sentir é uma coisa tão tão tão louca e nós já somos loucas o suficiente. As vezes é preciso que algo aconteça pra gente passar a dar mais valor as pessoas ao nosso redor, certo? Espero que tudo o que eu tenho pra te falar fique guardado pra sempre em minha mente. Ou espero que um dia você volte a tentar descobrir. E são tantas coisas pra relembrar. Eu espero que você nunca esqueça!
Obs: você acordou tão linda quinta feira. Pensei sobre isso ontem também.
I love you!

1 compartilhamento
Inserida por KarolAmorim