Moacir Luís Araldi: TRAVESSEIROS Num devaneio alvissareiro...

TRAVESSEIROS Num devaneio alvissareiro Na cama coloquei dois travesseiros. Quiçá amanhã um terá teu cheiro Ou repousará ainda inteiro. Sinfonia, bem baixinha, d... Frase de Moacir Luís Araldi.

TRAVESSEIROS

Num devaneio alvissareiro
Na cama coloquei dois travesseiros.
Quiçá amanhã um terá teu cheiro
Ou repousará ainda inteiro.

Sinfonia, bem baixinha, de Chopin.
Foco de luz no quadro de veleiros.
Pra lembra-te amanhã
Ou esquecer-te por inteiro.

Perfume pra deixar em você o meu cheiro,
Roupa de grife parecendo natural.
Peças pensadas no tabuleiro
E uma ansiedade sem igual.

Poderá ser um fato magistral
Ou afundar em ilusão.
Vejo-te deusa colossal
Imagino-te em extrema excitação.

Encanto-me ao vê-la se aproximar
Meu desejo haverá de se realizar.
Champanhe e taças pra brindar.
Um deslumbre! Ela acaba de entrar.

1 compartilhamento
Inserida por Moapoesias