Caio Sóh: Pareço de carne e rosto Porém, meu...

Pareço de carne e rosto Porém, meu desgosto maquia meu tanto Do pranto sei desaguar pouco a pouco No louco tento me desatar de tempos em tempos Enquanto minha m... Frase de Caio Sóh.

Pareço de carne e rosto
Porém, meu desgosto maquia meu tanto
Do pranto sei desaguar pouco a pouco
No louco tento me desatar de tempos em tempos
Enquanto minha marcha tropeça nos fardos
Os poemas me vestem de um trapo denso
Pinto-me de vento, distraio-me de branco
Alento, solto traço, ao ponto de morar no beco
Rego o tempo, como quem distrai a biografia do prazo
Pesco teatro, indico fábulas, enquanto vou morrendo...

1 compartilhamento
Inserida por DudaVarandista