Vítor Hugo S. Costa: Apenas outras ideias. Você já se...

Apenas outras ideias.

Você já se imaginou procurando algo que talvez não exista? Não me refiro as suas crenças, ou aos fatos paranormais, estou falando do seu futuro. Você pode retrucar dizendo que seu futuro é real, mas se sua morte ocorrer exatamente enquanto lê isso, uma série de combinações, probabilidades e situações seriam simplesmente apagadas.
Nós somos no mínimo audaciosos. Vou explicar: do momento em que acordou ao momento em que se deitou novamente, você pensou. Milhões, bilhões, ou até mesmo trilhões de pensamentos, no entanto alguns destes eram planos sobre o amanhã, e por mais que sua vida seja uma rotina, o futuro não será exatamente como pensou. Então por que tentamos planejá-lo?
“Para obtermos algum tipo de controle”, você diria? Eu poderia até concordar, mas digo que não é o principal motivo. A necessidade de planejar está ligada à nossa razão. O seu planejamento é apenas uma justificativa para o que você faz, ou fez da sua vida. Por trás de suas expectativas há um fundamento, explicação, ou ideia que não necessariamente elimina o acaso. É como este exato segundo fosse uma pergunta, o próximo seria a resposta. Mas se o próximo segundo não chegar, não significa fim, e sim simples ausência.
Haverá um momento em que não existirão mais respostas, e o chamarão de morte.

1 compartilhamento
Inserida por vitorap