LarahLis: A Rosa Tatuada Certo dia em um mundo...

A Rosa Tatuada

Certo dia em um mundo totalmente desconhecido, conheci a mais perfeita rosa.

Me olhando com seu jeito desconfiado, cheia de estilo, ela me cativou.

Com a convivência, pude perceber, que ela vivia só e amava sua solidão, o que a alimentava era seu orgulho.

E permanecia assim isolada em sua redoma de cristal, pois tudo a incomodava, eram poucas as palavras que soavam de sua boca, essas vinham como melodias, enchendo meus ouvidos.

Amante de poesias, sabia enfeitiçar como ninguém, sabia ser gentil e amarga ao mesmo tempo, mudando seu temperamento.

Uma grande mistura de maldade e pureza, conseguia enxergar de longe o grande vazio que existia em seu coração.

Ela jamais conheceu o amor, mais me dizia coisas lindas sobre ele.

Então me questionava, como pode entender tanto de amores, se jamais saiu de sua redoma.

Contava mentiras a todas rosas em sua volta, ela própria preenchia seu universo, gritando e sonhando com sua felicidade.

E como um cigarro, queimava e ardia de amor, aos poucos se consumindo, mas mesmo assim essa linda rosa poderia roubar toda a essência, grandeza de qualquer flor.

Tentava entender, todas as noites, como ela dormia num sono profundo, o nome dela era Krysia Coutinho, a unica capaz de desvendar todos os mistérios que cabiam em seu pequeno/grande mundo.

Despeço-me deste texto sem muitas explicações, mais de uma coisa eu sei, essa rosa terá para sempre minha total admiração.

1 compartilhamento
Inserida por LarahLis