Marinho Guzman: Tudo ou nada? Às vezes a gente acha que...

Tudo ou nada?

Às vezes a gente acha que já viu tudo, sabe tudo e percebe que não viu nada.
Estava pensando agora nessa expressão que a gente fala bastante: - Tudo ou nada.
Veja como pode significar pouco quando você diz: - Pensei que ele iria comer tudo e ele não comeu nada!
Veja agora outro aspecto:- Trabalhei vinte anos naquele shopping, morei dez anos naquele lugar e quando saí, percebi que eu não representei nada.
Há casamentos que terminam depois de trinta anos. Poucos meses depois, pelas atitudes dos dois, ou de um deles, a gente é levado a acreditar que aqueles anos não representaram nada.
Às vezes a gente se pergunta se a vida é um pouco de tudo ou quase nada. O que virá depois?
Para algumas pessoas a vida parece um jogo, é tudo ou nada.
Para outros, ainda que não participem de nenhum jogo o destino, por fatalidade, nada lhes reserva.
Quando você pensar que você pode ter sido pouco ou nada, lembre-se da história do casal andando na praia e a mulher encontra uma estrela do mar fora da água, pega delicadamente, e a leva alguns metros para dentro do mar.
O rapaz, desdenhosamente lhe diz?- Você vai ficar catando estrelas? Que diferença faz uma ou outra estrela morrer na praia? Você não pode salvar a todas . E a a moça disse:
- Para essa eu fiz toda a diferença!

1 compartilhamento
Inserida por marinhoguzman